O último show dos Beatles foi parado por reclamações do banco vizinho, recorda Ringo Starr; relembre

O perfil oficial do Fab Four no Instagram relembrou a apresentação lendária do grupo no telhado da Apple Corps

Redação Publicado em 10/07/2020, às 08h56

None
Beatles (Foto: Getty Images / Equipe)

O último show dos Beatles causou certa confusão. Sem avisos, o Fab Four subiu no telhado do estúdio da Apple Corps e realizou uma performance que ficaria marcada na história do rock. Contudo, a apresentação não agradou a todos. 

Recentemente, o Instagram oficial da banda relembrou como foi a despedida dos astros do público, de acordo com informações do Express UK. Em uma postagem, o perfil ressaltou que, por mais grandiosas e planejadas que parecessem as ações dos Beatles, tudo não passava de uma grande experimentação dos músicos. 

+++LEIA MAIS: Beatles: por que George Harrison só emplacou 2 músicas em Let it Be?

O post também enfatizou a dedicação de Paul McCartneyJohn Lennon, Ringo Starr e George Harrison, que não se abalaram pelas tentativas dos policiais de interromper o show, mesmo quando as reclamações surgiram. 

“Nós não fomos vistos tocando ao vivo por um tempo [...] Apenas a equipe estava lá e algumas pessoas no telhado, mas eu sempre gostei da ideia de que, talvez, meio milhão de pessoas tivessem vindo nos ver se pudessem chegar lá”, disse Starr, segundo a publicação. 

+++ LEIA MAIS: Reunião dos Beatles: Paul McCartney e Ringo Starr tocam Helter Skelter; assista

O baterista completou: “As pessoas amavam isso, mas teve reclamações do banco ao lado, então a polícia veio e puxou os plugs dos amplificadores - e George apenas colocou o dele de volta. E eu estava tocando e pensando: ‘Apenas venha e me tire da bateria’”.

Lennon foi responsável pelas últimas palavras dos Beatles para o público. Enquanto os policiais retiravam a banda, o músico disse:  “Eu gostaria de dizer ‘obrigada’ em nome do grupo e nós mesmos. E eu espero que tenhamos passado no teste”.

No fim da postagem, o perfil ainda promoveu uma versão de “Get Back” com Billy Preston nos teclados. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

'Get Back' was one of the songs The Beatles played in their final gig - on the rooftop of Apple Studios, in 1969.⁠ ⁠ Ringo: “We hadn’t been seen playing live in a long while,” ... “Only the crew were there and some people on the rooftop, but I’ve always liked the idea that maybe half a million people would have come to see us if they could have got there. People loved it but there were complaints from the bank next door so the police came and pulled the plugs out of our amps – and George just put his back in. And I was playing away and thinking, ‘Just come and drag me off the drums!’” ⁠ ⁠ How perfect that it should have ended on such a high: the band’s swansong performance and none of them wanted to stop. ⁠ ⁠ “I’d like to say thank-you on behalf of the group and ourselves and I hope we’ve passed the audition,” said John, as the police closed them down. ⁠ ⁠ That’s the last thing The Beatles ever said to an audience. ⁠ ⁠ It’s easy to look back now, decades after The Beatles dissolved, and assume everything they did was part of some mapped-out logical plan, a series of historic set-pieces in a trajectory we’ve all had time to evaluate. ⁠ ⁠ But it wasn’t. A lot of it was spontaneous experimentation. ⁠ ⁠ And a lot of that experimentation also took place in the studio. You can see them here during the making of 'Let It Be', with Billy Preston joining the band on keyboards.⁠ ⁠ ⁠ Go to the link in our bio to hear the full version of ‘Get Back’.⁠ ⁠ @johnlennonofficial @paulmccartney @georgeharrisonofficial @ringostarrmusic ⁠

Uma publicação compartilhada por The Beatles (@thebeatles) em

 


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO