Obama é convidado a fazer participação em House of Cards

Assista ao vídeo que mostra o CEO da Netflix, Reed Hastings, cortejando o presidente norte-americano

Rolling Stone EUA Publicado em 18/12/2013, às 13h52 - Atualizado às 14h17

Galeria - séries preferidas de quem trabalha em TV - Carrie Brownstein
Divulgação

O CEO da Netflix, Reed Hastings, bem que tentou. Em uma reunião com o presidente norte-americano, Hastings convidou Barack Obama para o que seria uma das maiores participações especiais do ano, na televisão. De acordo com o site Deadline, Hastings estava em Washington, D.C. para debater o polêmico sistema de saúde Obamacare, além de os programas de vigilância do governo, quando Obama perguntou se ele havia trazido uma cópia dos episódios ainda inéditos da série política House of Cards, uma das produções originais mais populares do serviço de streaming.

House of Cards, série política feita para a Netflix, estreia seus 13 episódios de uma só vez.

Hastings imediatamente aproveitou a oportunidade e ofereceu a Obama a chance de aparecer na série estrelada por Kevin Spacey, que interpreta um político brilhante, Frank Underwood. O presidente riu e não respondeu. Apenas emendou outra piada: “Bem que eu gostaria que as coisas fossem implacavelmente eficientes assim”. Depois, ele ainda comentou que fica maravilhado com a quantidade de coisas que o personagem de Spacey consegue realizar em Washington. Assista à conversa toda no vídeo abaixo.

O futuro dos filmes: a Netflix se tornará o próximo grande estúdio de Hollywood?

House of Cards retorna para uma segunda temporada na Netflix no dia 14 de fevereiro. No trailer da segunda temporada (assista aqui) dá para perceber que a trama continua cheia de malícia, esquemas e astúcia política.

Entrevista: Arrested Development retorna – Michael Cera, Jason Bateman e outros integrantes do elenco falam sobre a série.