Obama lamenta a morte de Donna Summer

“A voz dela era inesquecível”, diz o presidente norte-americano

Rolling Stone EUA Publicado em 18/05/2012, às 11h17 - Atualizado às 11h55

Donna Summer
AP

O presidente Barack Obama se juntou a fãs de música do mundo todo ao lamentar a morte de Donna Summer, vítima de câncer de pulmão na última quinta, 17. Ele lançou um comunicado oficial afirmando que ele e a primeira dama Michelle Obama ficaram tristes ao saber da morte da Rainha da Disco.

“A voz dela era inesquecível e a indústria musical perdeu uma lenda cedo demais. Nossos sentimentos e orações vão para a família de Donna e aos seus fãs dedicados”, disse ele no texto divulgado.

Obama não costuma fazer comentários a respeito de todas as mortes de grandes celebridades. Apesar de ele ter dito algumas palavras sobre Dick Clark, mês passado, ele nunca falou nada oficialmente das mortes de Michael Jackson, Whitney Houston ou Adam Yauch.