Ocupação Cartola homenageia legado musical do sambista

A exposição acontece até o dia 13 de novembro, em São Paulo

Redação Publicado em 01/10/2016, às 12h22 - Atualizado às 12h30

Cartola
Reprodução

O rico legado musical de Angenor de Oliveira, o Cartola, é homenageado em uma mostra exclusiva no Itaú Cultural, em São Paulo. A Ocupação Cartola, que acontece até o dia 13 de novembro, reúne poemas inéditos, fotos de acervo, além de registros audiovisuais do músico.

A exposição conta com ao menos 47 originais, entre imagens e manuscritos, além de uma sonora de "Quem me Vê Sorrir", canção feita em parceria com Carlos Cachaça e é considerada a primeira gravação do artista. A ocupação traz também declamações de letras de Cartola feitas por músicos contemporâneos, como Juçara Marçal, As Bahias e A Cozinha Mineira e Rico Dalasam.

Organizada em seis eixos, a mostra dispõe cronologicamente a vida e a pluralidade artística do carioca que ajudou a fundar a escola de samba Mangueira. São eles: "1908", "O Nascimento", "Encontros/Rua", "Casa/Varanda", "Palácio do Samba" e "Cartola de Ouro". A curadoria da exposição ficou a cargo da cantora Fabiana Cozza em parceria com os Núcleos do Itaú Cultural de Música e de Enciclopédia. A neta de Cartola, Nilcemar Nogueira, ofereceu uma consultoria.

Ocupação Cartola no Itaú Cultural

De 17 de setembro a 13 de novembro

De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h

Sábado, domingo e feriado, das 11h às 20h

Itaú Cultural - Avenida Paulista, 149 - Bela Vista, São Paulo

Grátis