Odd Future nega que integrante tenha dado tapa em fotógrafa

“Simplesmente não há verdade na acusação que circula na internet”, afirmou o controverso grupo de hip-hop em um comunicado

Matthew Perpetua Publicado em 01/11/2011, às 16h04 - Atualizado às 16h12

Odd Future
Foto: AP

O coletivo de hip-hop Odd Future nega que o integrante Vyron "Left Brain" Turner tenha atacado um grupo de fotógrafos – e dado um tapa no rosto de uma profissional – no Voodoo Festival, em Nova Orleans, no último domingo.

“Simplesmente não há verdade na acusação que circula na internet”, afirmou o controverso grupo em um comunicado. “Não é segredo que o Odd Future tem uma relação de amor e ódio com os fotógrafos nos shows, simplesmente porque eles têm um tipo de acesso que o grupo preferia que fosse dado aos fãs. Depois de dizer várias vezes para os fotógrafos liberarem o espaço, Vyron (Left Brain) deu uma pancada em algumas câmeras, não em pessoas. Adulterar a situação para insinuar um ataque a uma mulher é manipulação e negligência.”

Independentemente do comunicado, os organizadores do Voodoo Festival realizaram um pedido formal de desculpas aos profissionais da imprensa “que vivenciaram ou presenciaram esse comportamento abusivo” e deixaram que claro que “de forma alguma perdoam as atitudes do Odd Future em direção a imprensa, que tinha presença aprovada no pit”.

Nate "Igor" Smith, um fotógrafo que estava no pit, escreveu em seu blog um texto corroborando com as declarações do Odd Future. "Left Brain veio para a frente do palco e deu pancadas nas câmeras dos fotógrafos. Ele deu um tapa em um homem à minha esquerda. Foi bem forte, mas eu não esperava nada menos... Momentos depois, Left Brain deu um tapa em outra câmera. Desta vez, pertencia a uma mulher. Ela quase a derrubou, mas a pegou pela alça e estava bem, apenas assustada com a experiência.”