The Office: Afinal, como Jack Black e Jessica Alba foram parar na série?

A participação dos dois atores é as mais inusitada de todo seriado

Redação Publicado em 29/08/2020, às 18h00

None
Cena de The Office com participação especial de Jack Black e Jessica Alba (Foto: Reprodução/NBC)

Ricky Gervais, Idris Elba, Will Ferrell, Amy Adams, Evan Peters, Will Arnett e Jim Carrey foram alguns dos astros que fizeram participações especiais em The Office, uma das maiores séries de comédia de todos os tempos. Porém, uma das aparições mais inusitadas e bizarras (mas ainda assim sensacional) foi a de Jack Black e Jessica Alba. Afinal, como eles foram parar na série? O Screen Rant relembrou essa história.

Os dois artistas apareceram na produção em 2009, no episódio duplo "Stress Relief", 14° e 15° da quinta temporada da série. O capítulo foi escrito Paul Lieberstein, o Toby, e dirigido por Jeffrey Blitz. Ele tem a famosa cena na qual Dwight simula um incêndio em parte do escritório e faz todos os empregados da Dunder Mifflin precisarem correr pela vida - inclusive, essa é um dos melhores momentos de The Office; relembre abaixo.

+++LEIA MAIS: Jennifer Garner chora ao maratonar The Office do início ao fim e recebe mensagens do elenco

Em determinado momento do episódio, Jim pergunta para Andy se ele pode ver um filme pirata no computador do colega de vendas. A produção era Mrs. Albert Hannaday, estrelada por Jack Black e Jessica Alba como os noivos Sam e Sophie, respectivamente.

Então, Sophie apresenta a avó dela, interpretada por Cloris Leachman, para Sam, e os dois se apaixonam profundamente. A série intercala cenas do triângulo amoroso no filme falso com os problemas que Pam enfrenta entre os pais dela, que estão quase se divorciando.

+++LEIA MAIS: A vez em que David Bowie decidiu guardar a própria urina na geladeira para impedir que bruxas a roubassem


O que acontecia no mundo quando "Stress Relief" foi exibido?

Como relembrado pelo Screen Rant, o especial duplo veio logo após o Super Bowl XLIII, final da temporada da NFL de 2008. Como teria mais audiência por conta do jogo, a NBC pediu para Greg Daniels, criador de The Office, desenvolver um episódio que se sustentasse sozinho, ou seja, ele precisaria apresentar a série para um público novo e também, ao mesmo tempo, agradar os fãs do seriado.

Na época, The Office já era um grande sucesso da emissora, mas tanto a emissora quanto os produtores concordaram que eles precisariam da participação de grandes celebridades para chamar mais atenção. De acordo com o livro The Office: The Untold Story of the Greatest Sitcom of the 2000s, escrito por Andy Greene, nomes como Ben Affleck e Matt Damon foram considerados para aparecerem.

+++LEIA MAIS: 4 fatos que você não sabia sobre Robert Sheehan, o Klaus de Umbrella Academy

Assim que as estrelas convidadas foram escolhidas, os roteiristas precisaram fazer as aparições terem sentido, então eles desenvolveram um filme falso estrelado por Jack Black e Jessica Alba, sem conexão nenhuma com Dunder Mifflin.


Nenhum dos convidados interagiram com as estrelas de The Office

A participação de Black, Alba e Leachman foi exclusiva para o filme fictício Mrs. Albert Hannaday e eles não interagiram com nenhum empregaddo da Dunder Mifflin. De acordo com o Screen Rant, essa decisão foi escolhida por Daniels e produção para trazer nomes conhecidos sem tirar o foco da filial de uma empresa de papel situada em Scranton, Pensilvânia.

Então, com a criação um longa inexistente, os atores convidados poderiam fazer uma versão deles mesmo para The Office atrair mais público. 

+++LEIA MAIS: Antônio Fagundes descobriu videogame aos 60 anos, amou God of War e virou gente como a gente: 'Uma semana sem dormir'

No livro de Greene, a produção de The Office falou do qual estranho foi filmar cenas de Mrs. Albert Hannaday, porque o tom era muito diferente daquilo apresentado em toda série. Blitz compartilhou que alguns dos primeiros rascunhos do filme falso mostravam elementos de artes marciais, mas a ideia acabou por ser descartada.

Além disso, o diretor de "Stress Relief" revelou que Cloris Leachman ficou muito animada com as cenas dela, um dos motivos para isso era porque ela beijaria o personagem de Jack Black. Todas as decisões tomadas pelos roteiristas e produção valeu a pena, porque o capítulo foi visto por aproximadamente 23 milhões de pessoas e virou o episódio em toda história de The Office - além de ser considerado um dos melhores até hoje.


+++ XAMÃ: MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO, DE NIRVANA A TUPAC