Aniversário de oitenta anos de Zé do Caixão inspira mostra em São Paulo

Dezenove filmes de José Mojica Marins são exibidos de maneira gratuita e ao ar livre

Redação Publicado em 19/03/2016, às 10h13

Zé do Caixão
Rui Mendes

Um dos maiores cineastas da história do Brasil, José Mojica Marins, ganha uma mostra em São Paulo que celebra os 80 anos do artista. Dezenove filmes do Zé do Caixão estão sendo exibidos na Cinemateca Brasileira até o dia 3 de abril.

Chamada 80 anos José Mojica Marins, a mostra promoverá exibições gratuitas de Mundo Mercado do Sexo, Demônios e Maravilhas e Exorcismo Negro neste sábado, 19, e A Virgem e o Machão e Como Consolar Viúvas no domingo, 20.

Na próxima semana, Meu Destino em Suas Mãos, Estranho Mundo de Zé do Caixão, A Estranha Hospedaria dos Prazeres, Trilogia do Terror, Sexo e Sangue na Trilha do Tesouro, O Despertar da Besta (O Ritual dos Sádicos) (este na área externa), Mundo Mercado do Sexo e Delírios de Um Anormal serão passados entre quinta, 24, e domingo, 27.

Fechando a mostra, serão exibidos, entre os dias 31 de março e 4 de abril, O Despertar da Besta (O Ritual dos Sádicos), Inferno Carnal, À Meia Noite Levarei Sua Alma, Esta Noite Encarnei no Seu Cadáver, Finis Hominis, Quando os Deuses Adormecem (área externa), Estranho Mundo do Zé do Caixão e Encarnação do Demônio.