The Old Guard: as 5 maiores diferenças entre HQ e filme da Netflix [LISTA]

Apesar do autor da Graphic Novel estar envolvido nos roteiros do longa, há várias diferenças do material-fonte

Redação Publicado em 21/07/2020, às 09h08

None
Charlize Theron em The Old Guard (foto: reprodução/ Netflix)

Filme de ação mais recente da Netflix, The Old Guard, estrelado por Charlize Theronadapta a HQ de mesmo nome escrita por Greg Rucka e ilustrada por Leandro Fernandéz. Apesar de ambos os criadores estarem envolvidos na produção, existem várias divergências da história original.

A luta do grupo de guerreiros imortais liderados por Theron tomou liberdades do conceito original sem perder a fidelidade ao material-fonte, tudo isso graças a um roteiro escrito pelo próprio Greg Rucka, que incluiu as mudanças para tornar a narrativa cinematográfica mais relevante. Listamos algumas delas abaixo.

[ALERTA DE SPOILERS PARA THE OLD GUARD]


Andy perde a imortalidade

A perda da capacidade de se curar de Andy (Charlize Theron) nunca aconteceu nas HQs. A guerreira amazona passa por essa dificuldade no roteiro de Rucka para dar mais tensão ao ato final, além de fazer a protagonista aos poucos recuperar a fé na humanidade, após ser resgatada e ter curativos feitos por uma estranha. 

+++ LEIA MAIS: Entenda o final de Old Guard, novo filme da Netflix com Charlize Theron: o que vem por aí para os imortais?


A declaração de amor de Joe para Nicky

Depois de serem capturados por mercenários, o casal de imortais Joe e Nicky é provocado pelos bandidos sobre os dois serem namorados. Joe (Marwan Kenzari) responde que 'namorado' está muito longe de ser uma descrição apropriada para o que Nicky é para ele e o beija. O momento foi uma das coisas que Rucka brigou para manter no filme e foi aplaudido por espectadores. 

+++LEIA MAIS: Netflix vai cancelar assinaturas de quem não acessa a plataforma


A motivação de James Copley

O personagem de Chiwetel Ejiofor é apenas um ex-agente da CIA motivado por dinheiro na HQ. No filme, ele também caça os imortais por ter perdido a esposa para a doença degenerativa Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e não quer que ninguém mais passe pelo que ele passou.

+++LEIA MAIS: Ator Marco Pigossi vira espião britânico em série gringa da Netflix; assista ao teaser


Noriko se torna Quynh

Veronica Ngo é uma atriz vietnamita que havia sido escalada para o papel da imortal japonesa Noriko. Porém, após a Ngo esclarecer que não gostaria de interpretar uma personagem de nacionalidade diferente, Rucka disse que ficaria contente de honrar o pedido dela alterando a personagem para Quynh, uma guerreira vietnamita.

+++ LEIA MAIS: Netflix desiste de lançar filmes em festivais de cinema; entenda

Além disso, a 'morte' de Quyhn foi bem diferente. Ao invés de sumir nas águas durante uma tempestade no mar, a imortal foi condenada durante a caça as bruxas a ser trancada dentro de uma dama de ferro e afogada durante séculos.


O efeito cascata das ações dos imortais

Andy e os outros imortais descobrem conversando com Copley que as vidas deles não foram sem propósito. Pelo contrário, as ações do grupo salvaram diversas pessoas responsáveis por avanços na ciência, medicina e preveniram grandes desastres. Essa revelação só acontece no segundo volume de HQs e Rucka a adiantou para dar mais impacto ao final do filme.


+++ 15 HISTÓRIAS INACREDITÁVEIS (E REAIS) DE OZZY OSBOURNE