Olivia Wilde entra para série comandada por Mick Jagger e Martin Scorsese

Programa que se passará na cena musical de Nova York, nos anos 1970, ainda não foi aprovada pela HBO, mas terá o episódio piloto gravado ainda neste ano

Redação Publicado em 12/03/2014, às 13h32 - Atualizado às 14h29

Olivia Wilde
Dan Steinberg/AP

Olivia Wilde foi contratada para ser uma das protagonistas da nova série dramática da HBO, que vem sendo comandada por Mick Jagger e Martin Scorsese ao longo dos últimos anos. Embora o seriado ainda sem título não tenha recebido a aprovação da emissora para seguir em frente, de acordo com o site Deadline, os produtores estão trabalhando em um episódio piloto de uma hora de duração, com gravações previstas para meados deste ano, com Scorsese na direção. O episódio terá o roteiro de Terence Winter (do filme O Lobo de Wall Street e de séries como Boardwalk Empire e Família Soprano, ambas da mesma emissora) e George Mastras (produtor de Breaking Bad).

Coleção inspirada em Ela, que conta com Olivia Wilde, dirigido por Spike Jonze, está à venda nos Estados Unidos

Wilde, que recentemente esteve em Ela, Rush: No Limite da Emoção e Tron: o Legado, interpretará a esposa do protagonista da série, interpretado por Bobby Cannavale (Blue Jasmine e Boardwalk Empire), um executivo de gravadora em uma maré de azar que procura por alguma novidade na música.

A série se passará na cidade de Nova York, no fim dos anos 1970, justamente quando o punk e a disco começaram a tomar forma. Richie Finestra (Cannavale) se encontra no meio desta mudança de cenário, descrita pelo Deadline como “uma indústria musical abastecida por sexo e drogas” e tenta rejuvenescer a gravadora dele com algum sangue novo. Diante desta decisão que alterará a vida dele, Finestra sofre com uma crise de caráter.

Aprenda a dançar com Mick Jagger, o mais novo setentão do rock.

Devon Finestra (Wilde) é uma ex-atriz e modelo que sobreviveu às loucuras da década anterior em Nova York. Depois que a crise da meia-idade colocou uma pressão à família criada por eles, ela voltará ao estilo de vida antigo.

Jagger imaginou o seriado como filme e a versão para a televisão vem sendo trabalhada desde 2010. A série será o primeiro compromisso longo de Olivia na TV desde deixou a série House.

O vocalista dos Rolling Stones também está desenvolvendo um programa para televisão baseado no documentário A Um Passo do Estrelato, vencedor do Oscar em Melhor Documentário, na cerimônia realizada neste ano.

Mick Jagger vai levar o documentário A Um Passo do Estrelato para a televisão e a Broadway.

Jagger e Scorsese já haviam colaborado no filme que traz o show Shine a Light, que saiu em 2008. O diretor disse à Rolling Stone EUA, na época do lançamento, sobre a primeira vez que ouviu os Stones. “Foi em 1965”, disse ele. “Estava dirigindo na estrada Long Island Expressway, em um carro Volkswagen e, de repente, ouvi as batidas de Keith Richards na guitarra de ‘Satisfaction’. Com a voz de Mick Jagger, que veio em seguida, as letras e o fato de estar dirigindo, tive a impressão de quão implacável foi a natureza da música. É como um motor. Eu tive que conhecer o resto das músicas deles.”