Pulse

Os 20 feats do BTS no ocidente, dos melhores para os piores

Numa estratégia para alavancar o grupo fora da Coreia, seu pais de origem, o grupo de k-pop investiu em parcerias com artistas do outro lado do mundo

Redação Publicado em 24/06/2019, às 18h42

None
BTS (Foto:Tom Haines/PA Wire)

Há cerca de dois anos, o BTScomeçou um plano para expandir sua música para além da Coreia e investir no potencial do k-pop no ocidente. Um dos projetos para popularizar o grupo na Europa e nas Américas foi investir em parcerias com artistas ocidentais. 

Ao longo dos últimos anos, o BTS criou músicas e remixes com grandes nomes do pop, eletrônico e rap, a maioria relevantes na cena atual, e alguns mais renomados e sem tanto contexto de tempo. Nomes como Steve Aoki, Ed Sheeran, Chainsmokers e Fall Out Boy estão na lista de “featuring” do grupo coreano. 

O projeto de parcerias deu certo. Com vários estilos de música, o BTS colocou seu nome ao lado de grandes artistas, e se alavancou rapidamente. “Mic Drop”, faixa de 2017 feita com DJ Aoki, foi a primeira do septeto a chegar no topo das paradas da Billboard. Já em 2019, em apenas um disco, Map of the Soul: Persona, o grupo tem três parcerias com artistas americanos, incluindo Halsey, em “Boy With Luv” - o que rendeu um lugar no top 10 da Billboard.

O grupo não quer parar por aí, e planeja parcerias com nomes cada vez maiores, como Coldplay e Paul McCartney. Uma estratégia para, além das fronteiras geográficas, alcançar novas faixas demográficas e conquistar um público mais maduro. 

Enquanto o BTS não toca com um ex-Beatle, nós separamos e classificamos todas as suas músicas com convidados internacionais. São 20 faixas ao todo. Veja: 


20) “All Night”


A música foi feita para o BTS World, aplicativo do grupo, com Juice WRLD, um rapper norte-americano de 20 anos de idade que adora a música dos anos 1990 e a recria na faixa - mas sem muito tempero, o que deixa a canção bem genérica. 


19) “P.D.D.”


“P.D.D.”, ou “Please Don’t Die”, foi gravada com Warren G, o rapper veterano dos EUA. Nasceu em 2015, um pouco antes da maioria dos feats do grupo, mas não dá tanto espaço para o estilo do BTS. 


18) “Change”


RM, do BTS,  e Wale mostram o que fazem de melhor e investem no rap, misturando o estilo com uma mistura curiosa de piano e teclado, variando o ritmo. 


17) “The Truth Untold” 


A música é uma balada de piano pouco característica do BTS ou de Steve Aoki, com quem foi feita. A calmaria deixa aparecer o vocal dos integrantes, porém.


16) “Dream Glow”


Em 2017, Charli XCX disse que queria lançar uma música com o BTS - e essa chegou em 2019. A música é a cara da cantora - poderia ter saído de Sucker, seu disco de 2014, mas não mostra muitas novidades. 


15) “Waste It On Me”


Outra parceria com Aoki, é a primeira música do BTS cantada completamente em inglês, e depois mixada pelo DJ. Mas o pop não apresenta muitas inovações e nenhuma característica de nenhum dos dois artistas. 


14) “Make It Right”


A música tem, em sua composição, o dedo de Ed Sheeran. E isso aparece claramente nas batidas pop e letra romântica. 


13) “Paradise”


MNEK
é coautor da faixa divertida, que mistura o som do baixo com as pontuações de um sintetizador, porém a mixagem é um pouco confusa. 


12) “Jamais Vu”


A música, feita com o duo inglês Arcades, equilibra o rap com o pop e o eletrônico, dando ainda espaço para um grande foco no vocal do BTS, com notas altas e baixas bem alternadas. 


11) “Champion”


A música tem a participação de RM e é um remix da faixa original do Fall Out Boy. A nova versão une bastante o novo momento da banda americana e o estilo do BTS, fazendo uma nova cara de uma boa música. 


10) “A Brand New Day”


A música foi gravada para o BTS World em conjunto com Zara Larsson. A canção homenageia a Coreia, e a abertura é tocada em um haegeum, instrumento tradicional coreano. A música mistura a tradição e um toque oriental com a modernidade do ocidente. 


9) “Rush”


A música foi gravada junto de Krizz Kaliko quando RM ainda se intitulava “Rapmonster”, e apareceu em seu primeiro EP. É animada, e ajudou o artista a se consagrar no rap. 


8) “Crying Over You”


A música do Honne tem a participação breve de RM, e sua voz e tom contrastam com o vocalista Beka.


7) “Mikrokosmos”


A faixa fecha os shows da turnê Love Yourself: Speak Yourselfcom um toque emocional que faz os integrantes do BTS derrubarem lágrimas. A faixa gravada com o grupo londrino Arcade é divertida, e mistura um pouco do rap com a alegria do pop. Foi escrita e produzida por Ryan Lawrie, ex-X Factor, respeitando o modo BTS de tocar 


6) “Fantastic”


A música foi composta para a trilha sonora de Quarteto Fantástico, filme de 2015. O BTS canta com Mandy Ventrice, norte-americana. A voz dela é fraca, mas o resto da música é enérgico. 


5) “Seoul”


Outra faixa gravada com Honne e RM. Investiram em sintetizadores e alternação de vocais, fazendo da música uma homenagem a Coreia. 


4) “Boy With Luv”


A canção gravada com Halsey alcançou o topo das paradas. Sua letra animada e grudenta consegue harmonizar o estilo da estrela com o estilo do grupo, criando uma música divertida e atual. 


3) “Idol”


A colaboração com Nicki Minaj veio pouco depois do lançamento original da faixa. O clipe colorido e psicodélico é típico do BTS e combina com a energia de Nicki.


2) “Best of Me”


Gravada com o Chainsmokers para ser um hit. Os DJs deram a direção, mas deixaram bastante espaço para o grupo coreano investir em seus aspectos de destaque - que faz com que a música seja perfeita para ambos os artistas. 


1) “Mic Drop”


A música apresentou o BTS para o mundo ocidental. Tem duas versões diferentes de parceiras: uma com Aoki, focando no instrumental, e uma com Desiigner, que procurou deixar a faixa um pouco mais animada.

+++ De Emicida a Beyoncé: Drik Barbosa escolhe os melhores de todos os tempos