Os 3 beijos mais nojentos do cinema (prepare o estômago) [LISTA]

O que não faltam no cinema são beijos que fazem o público se arrepender de assistir

Redação Publicado em 14/04/2020, às 08h05

None
Crepúsculo (foto: reprodução/ Summit Entertainment)

Beijos são uma parte necessária a qualquer romance, mas alguns deles dão terrivelmente errado. Isso também acontece no cinema. Seja para efeito humorístico ou simular algum tipo de... Realismo? Porém, o impacto resultante é de constranger e até enojar os mais sensíveis.

+++LEIA MAIS: Dia do Beijo: 4 séries para te fazer passar vontade durante a quarentena contra coronavírus

Para aqueles que podem estar chateados de não ter aproveitado o dia do beijo, listamos os beijos possivelmente mais asquerosos do cinema para lembrar de que às vezes é melhor não beijar do que ter um beijo ruim.


Crepúsculo (2008)

O primeiro beijo de Bella (Kristen Stewart) e Edward (Robert Pattinson) foi tão esquisito quanto um amor entre vampiro e humana pode ser. O galã acaba beijando mais o nariz da colega de cena do que a boca dela, um erro difícil de passar batido.

+++LEIA MAIS: Livro de Star Wars confirma que [SPOILER] não foi nem um pouco romântico


Cry-Baby (1990)

Sim, sim, tudo foi feito com fins humorísticos nesta paródia dos filmes de romance adolescentes dos anos 1950, mas não tem como não sentir uma tremenda vergonha alheia nessa "aula de beijo francês" ministrada por Johnny Depp.

+++LEIA MAIS: Os Eternos será o primeiro filme da Marvel a mostrar beijo gay


Adoráveis Mulheres (1994)

Mas o beijo mais inacreditável da lista vai para a refilmagem de 1994 de Adoráveis Mulheres. Winona Ryder e Christian Bale mais jovens protagonizaram um beijo muito bizarro e com direito a fio de saliva suspenso entre as bocas dos atores! Tudo isso em um filme que deveria ser sobre romance. Além da estupefação fica a dúvida de como essa cena entrou no corte final.


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA