Os 3 episódios mais polêmicos de Law and Order: SVU

Atualmente, seriado está na 22ª temporada

Redação Publicado em 16/11/2020, às 09h03

None
Law and Order: SVU (Foto: Reprodução)

Law and Order: Special Victims Unit está no ar na televisão desde 1999. Desde então, a série, que está na 22ª temporada, trouxe mais de 430 episódios, com diversas ótimas resoluções de crimes e personagens bastante queridos pelo público. A produção chocou, emocionou e deixou os telespectadores abalados com um drama emocionante.

No entanto, nesses mais de 20 anos, Law and Order: SVU, que é a segunda série de TV em horário nobre mais antigo da história dos Estados Unidos - apenas perde para Simpsons -, trouxe diversos episódios considerados bizarros e polêmicos, com personagens malucos e crimes, no mínimo, pesados.

+++LEIA MAIS: Os 4 personagens mais malignos de Peaky Blinders

Veja abaixo os 3 episódios mais polêmicos de Law and Order: SVU.


7ª temporada - episódio 1: "Demons"

"Elliot Stabler vai disfarçado como estuprador para determinar se um recente em liberdade condicional está voltando aos seus desejos de estuprador."


3ª temporada - episódio 11: "Monogamy"

"O caso envolve o espancamento de uma mulher grávida de sete meses, cujo filho ainda não nascido foi arrancado do corpo por meio de uma cesariana primitiva. Entre as muitas testemunhas interrogadas está o marido da mulher, um psiquiatra com vários segredos devastadores e que sabe mais sobre o espancamento da esposa do que gostaria de admitir."

+++LEIA MAIS: O dia em que Space Ghost entrevistou Thom Yorke e fez uma música sobre facas


6ª temporada - episódio 6: "Conscience"

"Um menino é sequestrado e um pedófilo local se torna o assunto principal. Mas qual é a verdade por trás do assassinato?"


+++ MANU GAVASSI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes