Os 3 piores - e os 3 melhores - filmes de Will Smith: de Homens de Preto a Depois da Terra [LISTA]

Apesar de sucessos como Homens de Preto, Will Smith também participou de filmes rejeitados pela crítica

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 03/06/2021, às 15h20

None
Will Smith (Foto: Kevin Winter / Getty Images)

Will Smith ganhou o primeiro papel de destaque na sitcom Um Maluco no Pedaço (1990) e, desde então, coleciona filmes de sucesso, como a franquia Homens de Preto (1997). Outros projetos, no entanto, não foram bem recebidos pela crítica, como é o caso de Depois da Terra (2013), filme no qual contracenou com o próprio filho, Jaden Smith.

Para relembrar a filmografia do ator, separamos os três piores - e os três melhores, filmes de Smith, de acordo com a nota da crítica do Rotten Tomatoes:

+++LEIA MAIS: Will Smith revive cenas clássicas de Um Maluco no Pedaço; assista


Pior: Depois da Terra (2013) - Nota: 11%

O longa de M. Night Shyamalan é o pior avaliado da lista do Rotten Tomatoes. Will e Jaden Smith interpretam pai e filho, Cypher e Kitai, em uma viagem espacial. No entanto, depois de uma chuva de asteroides inesperada, a dupla precisa pousar na Terra um milênio após a humanidade abandonar o planeta.


Melhor: A Lei de Cada Dia (1992) - Nota: 80%

A Lei de Cada Dia conta a história de um grupo de adolescentes tentando sobreviver nas ruas de Los Angeles, EUA, liderados pelo Rei (Dermot Mulroney). Em sua estreia no cinema, Smith interpreta Manny, um amigo da gangue quem perdeu as pernas. 

+++LEIA MAIS: Will Smith revela apelido bizarro do filho mais velho ao publicar homenagem de aniversário


Pior: Um Conto do Destino (2014) - Nota: 13%

Um Conto do Destino é baseado no livro Winter's Tale (1983), de Mark Helprin. A história viaja entre a Manhattan, Nova York (EUA), do Século XIX e a metrópole dos dias atuais. O mecânico Peter Lake (Colin Farrell) decide roubar uma mansão, mas encontra uma jovem prestes a morrer.

Will Smith interpreta Lucifer e tem apenas duas cenas com Russell Crowe (Pearly Soames). 

+++LEIA MAIS: Will Smith teve a identidade roubada e quase teve um prejuízo de R$ 170 mil; entenda


Melhor: Seis Graus de Separação (1993) - Nota: 88%

O drama de Fred Schepisi conta a história de Paul (Smith), homem negro assaltado e ferido, e socorrido por um casal rico de Manhattan, EUA. Na casa deles, revela ser aluno de Harvard e filho do ator Sidney Poitier. Louisa (Stockard Channing) e John (Donald Sutherland) acreditam na história e deixam-no dormir ali.

Na manhã seguinte, no entanto, percebem como caíram no golpe de um vigarista, e a artimanha terá repercussão e consequências não imaginadas para a família. 

+++LEIA MAIS: Will Smith no Aranhaverso? Fãs escolhem papel perfeito para o ator


Pior: Beleza Oculta (2016) - Nota: 14%

Howard (Smith) perde o rumo da vida e fica deprimido quando a filha morre. Após a tragédia, escreve cartas para a Morte, Tempo e Amor. O hábito começa a preocupar seus amigos e colegas de trabalho. Então, as três entidades começam a responder às mensagens e Howard toma a oportunidade para aprender o significado e valor da vida.

Além de Smith, o filme também conta com Keira Knightley (Amor), Kate Winslet (Claire) e Edward Norton (Whit) no elenco.

+++LEIA MAIS: Will Smith já alcançou o topo das paradas como rapper?


Melhor: Homens de Preto (1997) - Nota: 92%

Um clássico do cinema, o filme original da franquia Homens de Preto introduziu a parceria Will Smith-Tommy Lee Jones como agentes supervisores de extraterrestres e tentam esconder a existência deles dos humanos. O longa é baseado na série de quadrinhos de Lowell Cunningham e Sandy Carruthers.

O conceito também foi herdado da teoria da conspiração dos "homens de preto," dos Estados Unidos. Segundo ela, homens vestidos de ternos pretos e supostos agentes do governo ameaçam e matam testemunhas de aliens e objetos voadores não identificados para manter o segredo. 

+++LEIA MAIS: Por que Will Smith quase não conseguiu beijar Eva Mendes em Hitch: O Conselheiro Amoroso?


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL