Os 9 discos femininos mais vendidos em 2020: poucos lançamentos e 'dobradinhas' de Billie Eilish e Dua Lipa

Em meio a um ano com poucos lançamentos, títulos antigos voltam a aparecer

Redação Publicado em 24/07/2020, às 13h24

None
Capa de When We All Fall Asleep, Where Do We Go?, disco de Billie Eilish (Foto: Divulgação)

2020 foi um ano esquisito para lançamentos. Em meio à pandemia de coronavírus, muitos novos discos foram engavetados e adiados, esperando um momento mais rentável e propício para show. Em contrapartidas, outros tantos surgiram do confinamento forçado (como folklore, da Taylor Swift, lançado de modo surpresa na quinta, 23).

Como resultado, vários dos discos mais vendidos de 2020 não são novidade. A lista varia mais entre discos de 2019 e até algumas coletâneas de grandes sucessos dos anos 1970 e 1980. Há lançamentos de 2020, mas escassos.

+++ LEIA MAIS:Billie Eilish escolhe as músicas essenciais da infância dela

Outro padrão é a "dobradinha" de artistas populares. Billie Eilish, por exemplo - a primeira da lista - aparece duas vezes; Dua Lipa, posicionada logo depois, também.

Com base no levantamento do Offical Records, separamos, abaixo, os discos feitos por mulheres mais populares em 2020. Levaram em conta vendas de streaming e físicos. Além da posição no recorte, a Rolling Stone aponta o número geral da classificação:

+++ LEIA MAIS: Música retrô: Como o pop voltou no tempo com discos de Lady Gaga, Dua Lipa e entre outros?

1- When We All Fall Asleep, Where do We Go? (2019)- Billie Eilish (posição geral 3)

2- Future Nostalgia (2020)- Dua Lipa (posição geral 7)

3- Chromatica (2020)- Lady Gaga (posição geral 13)

4- Don’t Smile at Me (2017)- Billie Eilish (posição geral 16)

5- High Expectations (2019)- Mabel (posição geral 17)

6- Dua Lipa (2017)- Dua Lipa (posição geral 19)

7- Get to Know (2019)- Becky Hill (posição geral 22)

8- Lover (2019)- Taylor Swift (posição geral 25)

9- Rare (2020)- Selena Gomez (posição geral 28)

+++ FREJAT: O DESAFIO É FAZER AS PESSOAS SABEREM QUE O DISCO EXISTE