Os bastidores do primeiro X-Men: Assédio, brigas e Michael Jackson

A produção teve diversas polêmicas envolvendo o diretor Bryan Singer

Redação Publicado em 31/07/2020, às 17h27

None
X-Men (foto: reprodução/ Fox/ Marvel)

A franquia X-Men completa 20 anos em 2020 - e o primeiro longa, X-Men: O Filme, protagonizou diversas polêmicas que incluem, entre outras personalidades, o diretor Bryan Singer. As informações são do UOL.

+++LEIA MAIS: X-Men: antes e depois do elenco do filme que iniciou geração de adaptações de heróis das HQs

Um fato inusitado do filme foram as reuniões com Michael Jackson, que estava interessado no papel de Professor Xavier. O produtor Lauren Shuler Donner explicou: “Falei para ele: 'Você sabe que o Professor Xavier é um cara mais velho?'. E Michael disse: 'Sim. Posso usar maquiagem'". A 20th Century Fox não levou a ideia a sério e Patrick Stewart conseguiu o papel.

Na época do filme, o diretor Singer tinha 34 anos - e um dos atores da produção alegou ter sido estuprado por pessoas ligadas ao cineasta. Um executivo falou sobre a situação na época: “Seu comportamento foi terrível. Nós acomodamos as coisas no primeiro filme, acomodamos no segundo... E seguidamente. E criamos um monstro".

+++LEIA MAIS: 20 Anos de X-Men: 6 curiosidades sobre o primeiro filme dos mutantes [LISTA]

Antes de X-Men, Singer já lidava com processos, como o dos atores de O Aprendiz (1988), que alegaram terem sido obrigados a tirar a roupa para uma cena. Mesmo assim, o filme dos mutantes recebeu um orçamento de US$ 75 milhões com o cineasta como responsável.

Em X-Men: O Filme, houve acusações de que Singer trocava papéis por sexo - e um exemplo foi do até então desconhecido Alex Burton, na época com 18 anos e sem qualquer experiência notável, no papel de Pyro

+++LEIA MAIS: Olivia Munn revela problemas com Bryan Singer durante filmagem de X-Men: Apocalipse

Também houve uma briga entre Singer e o produtor Tom DeSanto, que tentou interromper uma gravação porque o cineasta estava alterado por drogas. 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS