Os três momentos mais bizarros no debate de Trump e Biden, concorrentes à presidência dos EUA

Entre farpas e provocações, debate resultou em vários momentos icônicos, para dizer o mínimo

Redação Publicado em 30/09/2020, às 13h48

None
Donald Trump e Joe Biden (Foto: Sarah Silbiger/Getty Images)

Donald Trump e Joe Biden, candidatos à presidência dos EUA, participaram de um debate político na noite de terça, 29. Embora a proposta inicial fosse apresentar ideias para o próximo mandato, não demorou para o evento virar um estande para troca de farpas.

Durante mais de uma hora, Trump e Biden estiveram no palanque - mas usaram boa parte desse tempo não para acalmar os eleitores - e sim para provocar um ao outro.

+++ LEIA MAIS: Não era anarquista? Ex-Sex Pistols Johnny Rotten veste camiseta pró-Trump e irrita a web

Chris Wallace, jornalista, foi o moderador do debate. Enquanto os dois candidatos se ocupavam em brigar, ele tentava mediar toda a situação. Várias vezes tentou interromper as discussões (“cavalheiros, percebem que estão falando ao mesmo tempo?”) e fazer as perguntas. Donald Trumpraramente o deixou terminar (“não, não, não, não, senhor presidente, não. Você não pode falar agora”). Também precisou de bastante energia para impedir que Trump se mantesse nos dois minutos destinados à resposta (“o senhor já teve seu tempo de réplica, e também fez [acusações a Biden], senhor presidente.”)

Entre todo o espalhafatoso debate, porém, houve momentos muito mais polêmicos, inacreditáveis e esquisitos momentos. Aqui estão 3 daqueles que “seriam engraçados se não fossem trágicos.” Veja:

+++ LEIA MAIS: Coletivo de arte usa ‘cabeça de Bolsonaro’ como bola de futebol em vídeo de protesto; assista

1- Trump se recusa a criticar supremacistas brancos

Na seção sobre problemas de gênero e raciais, Trump interrompeu a fala de Biden para exigir que ele criticasse a Antifa. Wallace, então, desafia o presidente: “Você está disposto a, esta noite, condenar supremacistas brancos e grupos de milícia, e dizer que eles precisam [parar] e não somar-se à violência? Você diria especificamente…” 

Trup o interrompe: “Olha, eu diria que eu só vejo coisa da esquerda, não da direita. Eu faria qualquer coisa, quero paz.” Wallace incita: “Então, vai, diz, diz!” e enfatiza que falam sobre os supremacistas brancos. “Meus meninos,” diz Trump, “se afastem e fiquem por perto. Mas sabe, alguém precisa fazer also sobre a Antifa!”

+++ LEIA MAIS: Joe Exotic diz ter sofrido abuso sexual na prisão e implora perdão de Trump em carta de 257 páginas

Biden encerra o segmento: “o próprio FBI disse que, ao contrário dos supremacistas brancos, a antifa é uma ideia, e não uma organização, não uma milícia.”

2- Calado!

Enquanto Biden tentava responder uma pergunta e pedia para as pessoas votarem (as cédulas dos EUA poderão ser enviadas pelo correio), Trump o interrompeu seguidamente. Dizendo “responde a pergunta” e “ele não vai responder.” Na quinta vez que interrompeu o colega, Trump não parou de falar, e Biden se irritou: “Você pode calar a boca, cara? Isso é tão não-presidencial. Foi um segmento muito produtivo, né? Continua a latir, cara”

+++ LEIA MAIS: Ozzy para presidente? Osbourne detona Trump: 'Se me candidatasse, tentaria entender política

3- Palhaço

Novamente, na vez de Biden responder uma pergunta, Trump continuava interrompendo. Wallace chamou atenção dele repetidas vezes, e disse: “Senhor presidente… Senhor presidente! É uma discussão aberta. Você respondeu, deixa [Biden] falar agora.” Ele seguiu interrompendo, e Wallace repetiu: “Senhor presidente… Senhor presidente! Você não quer uma resposta?” 

Depois de um minuto de cacofonia, com Biden tentando responder, Trump interrompendo e Wallace pedindo para que o presidente esperasse a vez, o moderador garantiu a Biden: “Você tem a palavra final aqui,” ao que o candidato respondeu: “É difícil trocar qualquer palavra com esse palhaço aqui.”

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish faz discurso poderoso para jovens votarem e detona Trump: 'Destruindo o nosso país'; assista

4- Todo o debate, no geral

Em diversos momentos, houve troca de farpas. Quando Wallace pediu para Trump diretamente parar de interromper, o presidente disse que Biden também o fazia - ao que o moderador garantiu que ele fazia ainda mais.

Em determinado momento, quando Trump dizia o que ele fez e Biden deixou de fazer, o candidato provocou: "Você é o pior presidente que os Estados Unidos já teve!"

+++ LEIA MAIS: No NY Times, Felipe Neto lista 'erros' de Bolsonaro para desestimular votos em Trump

Outros "carinhos" incluíram Trump acusando o concorrente de ser comunista, e Biden dizendo que o atual presidente é "cachorrinho de Putin" por negociar com a Rússia.


+++ HOT E OREIA: 'VIRAMOS ADULTOS, MAS AINDA BUSCAMOS POR ESSA CRIANÇA DO COMEÇO'