"Os vídeos de Justin Bieber são mais ofensivos que o meu", brinca M.I.A.

Cantora falou sobre polêmica de "Born Free" ao semanário N.M.E.; M.I.A. também revelou nome do novo disco e disponibilizou mais um single para download

Da redação Publicado em 12/05/2010, às 09h25

M.I.A. é a capa do N.M.E desta semana, que sai nas bancas nesta quarta-feira, 12, no Reino Unido. Em entrevista ao semanário, a cantora se pronuncia sobre a polêmica do clipe de "Born Free", que foi removido do YouTube no final de abril, e brinca dizendo que os vídeos de Justin Bieber são "mais ofensivos" que o dela. "Eu achei o novo vídeo de Justin Bieber mais violento e uma agressão maior aos meus olhos do que o clipe que eu fiz", disse em tom de brincadeira.

Dirigido por Romain Gravas, o vídeo de "Born Free" mostra cenas de nudismo e violência, em que ruivos são capturados por policiais norte-americanos e encaminhados a um campo isolado - que representaria uma crítica social em relação aos conflitos mundiais étnicos. A cantora ainda disse ao NME que não entende o por quê dessa "obsessão em decifrar o significado do vídeo", se recusando a revelar suas motivações em fazê-lo desta maneira. O clipe pode ser visto no site oficial da cantora.

Novo disco

M.I.A. revelou, nesta semana, o título de seu novo álbum por meio do blog de sua gravadora, Neet Recordings. Intitulado com o nome bizarro /\/\/\Y/\, o lançamento foi adiado para 12 de julho, no Reino Unido, e um dia depois nos EUA - o disco tinha sido originalmente marcado para sair em 29 de junho.

Recentemente, M.I.A. havia pedido, pelo Twitter, sugestões de nomes para o sucessor de Kala, de 2007. No entanto, não se sabe de onde surgiu a ideia para o título.

A cantora também disponibilizou o novo single do álbum no blog. A faixa "XXXO", claro, já está no YouTube. Ouça abaixo ou clique aqui para ouvir diretamente no blog: