Oscar 2013: Segurança será reforçada após onda de tiroteios nos EUA

Uma equipe de segurança privada foi acionada para evitar que perseguidores tenham acesso aos artistas durante a cerimônia

Redação Publicado em 24/02/2013, às 21h03 - Atualizado às 21h34

Estatueta do Oscar
AP

A equipe da polícia de Los Angeles destacada para trabalhar na cerimônia deste ano do Oscar dará uma atenção especial para evitar tiroteios após a onda de episódios de violência que ganhou as manchetes nos Estados Unidos em 2012. As informações são do site TMZ.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

De acordo com fontes consultadas pelo site, membros da polícia de Los Angeles, haverá uma “atenção extra” para prever e evitar situações de disparos em meio à massa.

De acordo com eles, há um clima de terror na cidade. “Quando uma pessoa é demitida na cidade, a organização liga para o departamento porque eles estão com medo de retaliações”, disseram ao site. “As pessoas estão enlouquecendo com o medo”.

A polícia local está trabalhando com uma organização de segurança privada, para evitar que conhecidos perseguidores dos artistas e famosos que passarão pelo tapete vermelho sofram com abordagens inesperadas. Os seguranças terão imagens dos mais famosos stalkers.