Oscar 2020: Democracia Em Vertigem perde Melhor Documentário para American Factory

O filme da documentarista Petra Costa era o único representante do Brasil na cerimônia

Redação Publicado em 09/02/2020, às 23h33

None
Cena de Democracia em Vertigem, documentário de Petra Costa que concorreu ao Oscar de Melhor Documentário (Foto: Reprodução)

Representante do Brasil no Oscar 2020, e dirigido por Petra Costa, a produção Democracia Em Vertigem perdeu o Oscar de Melhor Documentário para American Factory.

O filme nacional retrata o período de elaboração e concretização do plano de impeachment de Dilma Roussef, além do crescimento progressivo da popularidade do atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

+++LEIA MAIS: Conta oficial da Secretaria de Comunicação chama Petra Costa de 'militante anti-Brasil': 'Difamando a imagem do país no exterior'

O documentário vencedor, dirigido por Steven Bognar e Julia Reichert, por outro lado, fala sobre as dificuldades enfrentadas por empresas de origem como a chinesa Fuyao, que chegou aos Estados Unidos e ocupou o local onde um dia funcionou a fábrica Moraine Assembly, da General Motors, perto da cidade de Dayton, no estado de Ohio.

Ao chegar na recepção do tapete vermelho, Petra Costa explicou um pouco sobre as motivações por trás do documentário, e garantiu que Democracia Em Vertigem "é uma carta de amor ao Brasil".

Tanto Democracia Em Vertigem quanto American Factory estão disponíveis na Netflix.


+++ A MALDIÇÃO DO CORINGA, COM JOAQUIN PHOENIX, HEATH LEDGER, JACK NICHOLSON E MAIS!