Pulse

Ouvir 78 minutos de música por dia ajuda a ter uma vida saudável, diz estudo

A pesquisa, divulgada na última terça, 12, observou como a música afeta o bem-estar físico e mental de mais de 7.500 entrevistados

Redação Publicado em 13/11/2019, às 14h31

None
Brian Johnson e Angus Young, do AC/DC (Foto:Sven Hoppe/DPA/AP Images)

Uma nova pesquisa solicitada pelo serviço de streaming Deezer, e divulgada na última terça, 12, pela Kerrang! afirma que as pessoas devem ouvir pelo menos 78 minutos de música por dia para manter a rotina de uma vida saudável. 

Os pesquisadores analisaram os hábitos de audição de 7.500 pessoas e observaram como a música afeta o bem-estar físico e mental. 

+++ LEIA MAIS: "Ob-La-Di, Ob-La-Da", dos Beatles, é a música pop mais próxima da perfeição; entenda

Assim como em uma dieta saudável é necessário ingerir vários os tipos de alimentos, na música é necessário ouvir pelo menos cinco tipos de canções ao longo do dia, sendo elas edificantes, relaxantes, tristes, motivadores e de autocontrole.

+++ LEIA MAIS: Green Day e Miley Cyrus: estudo revela as músicas mais perigosas para ouvir enquanto dirige

Segundo a pesquisa, a receita para uma audição sonora saudável é ouvir 14 minutos de música edificante para se sentir feliz; 16 minutos de música tranquila para se sentir relaxado; 
16 minutos de música triste para lidar com angústias; 15 minutos de música motivadora para se concentrar; 17 minutos de música energizante para ajudar a controlar a raiva. 

Para sentir o efeito, basta ouvir em média 11 minutos para sentir os benefícios e apenas cinco para se sentir mais feliz. 

+++ LEIA MAIS: O que adolescentes de hoje acham de Blink-182 antigo?

"Existem certas propriedades da música que afetam a mente e o corpo. Dedicar tempo todos os dias para ouvir música que desencadeia emoções diferentes pode ter um impacto extremamente benéfico no nosso bem-estar”, afirma Lyz Cooper, da Academia Britânica de Terapia do Som.

"Ouvir músicas felizes aumenta o fluxo sanguíneo para áreas do cérebro associadas à recompensa e diminui o fluxo para a amígdala, a parte do cérebro associada ao medo", acrescentou.

+++ LEIA MAIS: Qual música do Black Sabbath Ozzy Osbourne considera a mais importante?

Algumas das recomendações para "controlar a raiva"  são "Highway To Hell" do AC/DC e faixas do Rammstein e Metallica.