Pulse

Ozzy Osbourne diz que não recebeu ligações de Butler e Ward após acidente

O Príncipe das Trevas falou sobre o processo de recuperação, agradecendo o apoio da esposa, Sharon, e dos amigos mais próximos

Redação Publicado em 25/09/2019, às 13h17

None
Ozzy Osbourne (Foto: Amy Harris/AP)

Durante uma entrevista para o The Sun, Ozzy Osbourne disse que teve certeza da morte ao quebrar o pescoço no início deste ano. 

Depois de passar por três grandes cirurgias, o "Príncipe das Trevas" explicou que o processo de recuperação tem sido longo, com muita fisioterapia e treino. Além disso, ele revelou que nada disso seria possível sem o incentivo da esposa, Sharon, e o apoio dos familiares e dos amigos mais próximos, como Elton John.

"Elton falou para eu sair do sofá e começar a andar, que era exatamente o que eu precisava, já que não conseguia me levantar por meses", disse Ozzy. "Ele estava certo. Elton é um amor. Ele me telefonou durante todo esse tempo. Ele esteve lá em casa outro dia com seus dois filhos. Eles são ótimos garotos. Eles são uma família tão incrível. É de se surpreender, quando você está infeliz, descobre quem realmente é seu amigo e quem não dá a mínima."

De acordo com o músico, Slash, guitarrista do Guns N' Roses, Jonathan Davis, vocalista do Korn, e Tony Iommi, guitarrista do Black Sabbath, também o telefonaram: "Tony me ligou todos os dias para saber como eu estava. Isso significa muito quando você não consegue nem se mexer."

E concluiu: "Não ouvi nada de Geezer Butler ou Bill Ward [ambos integrantes originais do Black Sabbath], o que é bom, porque ninguém é obrigado a ligar. Mas se fosse qualquer um deles eu estaria no telefone o tempo inteiro."