Ozzy Osbourne faz lançamento inusitado para comemorar 37 anos do dia em que mordeu a cabeça de um morcego

O episódio, que aconteceu em 20 de janeiro de 1982, entrou instantaneamente para a história do rock

Redação Publicado em 21/01/2019, às 10h05

None
Ozzy Osbourne (Foto:Amy Harris/AP)

37 anos, Ozzy Osbourne entrava para a história do rock (e possivelmente da música no geral) com um de seus episódios mais absurdos, selvagens e insanos: em 20 de janeiro de 1982, o Príncipe das Trevas arrancou a cabeça de um morcego que foi jogado no palco por um fã, na cidade norte-americana de Des Moines.

Para comemorar com muito bom humor as quase quatro décadas do acontecimento, o músico lançou um morcego de pelúcia que vem com uma cabeça que pode ser separada do resto do corpo.

O produto, que está a venda no site oficial de Ozzy, custa US$ 40, e seu lançamento foi divulgado pelo próprio cantor em sua conta do Twitter

Na época da mordida, Ozzy revelou que, ao ver o animal (que estava morto) arremessado no palco, achou que era um brinquedo, e não de verdade, por isso decidiu manter a pose de roqueiro dos infernos e morder a cabeça do bicho.

Em dezembro do ano passado, foi ao ar um episódio do programa World Detour, transmitido pelo History Channel, em que Jack Osbourne, filho do cantor, apresenta ao pai o Mac Sabbath, banda cover paródica que mistura a sonoridade do Black Sabbath com letras e temáticas baseadas em comida fast food.

Após a apresentação, que começa com uma versão de "Iron Man" chamada "Frying Pan", Ozzy admite que achou divertido, e afirma sobre as paródias que "se você não aguenta uma brincadeira, nem faça música".