Pai de Frank Ocean teria processado o cantor em US $14,5 milhões por difamação

Calvin Cooksey teria tomado a medida por causa de um post no Tumblr do artista feito após o atentado na boate Pulse, em Orlando

Redação Publicado em 06/02/2017, às 11h38 - Atualizado às 11h39

Frank Ocean em autorretrato de 2015 publicado no Tumblr oficial dele
Frank Ocean/Tumblr oficial

O pai de Frank Ocean, Calvin Cooksey, teria entrado com um processo contra o cantor por difamação, exigindo US $14,5 milhões dele.

O processo seria uma resposta a um post de Frank Ocean feito no Tumblr após o ataque terrorista na boate Pulse, em Orlando, em junho do ano passado. “Eu tinha seis anos de idade quando ouvi meu pai chamar nossa garçonete transgênera de ‘viado’ enquanto ele me puxava para fora do restaurante dizendo que não poderíamos ser servidos porque ela era suja. Aquela foi a última tarde em que eu vi meu pai e a primeira vez em que ouvi aquela palavra, eu acho, mas não ficaria surpreso se não tivesse sido”, o artista escreveu na publicação.

LEIA TAMBÉM

Para Sturgill Simpson, Frank Ocean merecia mais que ele a indicação ao Grammy

Melhores Discos Internacionais de 2016

Melhores Músicas Internacionais de 2016

De acordo com Cooksey, a história é falsa e “prejudicou as oportunidades financeiras dele no cinema e na música”, segundo o site TMZ.

Em 2012, Frank Ocean disse que o pai queria processá-lo por US $1 milhão. Ele também já havia postado no Twitter: “Acabei de descobrir que meu pai ausente tem me perseguido na internet, oi pai.”