Pantera comemora os 20 anos de Far Beyond Driven com disco duplo; ouça versão ao vivo de “Strength Beyond Strength”

Além do álbum completo e remasterizado, lançamento trará a apresentação da banda no Monsters of Rock de 1994, realizado no Donington Park, no Reino Unido

KORY GROW Publicado em 18/03/2014, às 11h05 - Atualizado às 17h49

Pantera
Reprodução / Facebook

Nesta semana, há duas décadas, a banda Pantera lançava o sétimo e peso-pesado disco, Far Beyond Driven, e chegava ao primeiro lugar das paradas norte-americanas. Até mesmo se comparado a outros discos de metal, de bandas como Metallica ou Slipknot, que também alcançaram a mesma façanha, o fato se mantém notável por fazer o heavy soar mais alto durante a geração do grunge. O Pantera sempre se orgulhou de ser uma alternativa para os alternativos. “Nós falávamos que éramos ‘heavy’ metal quando isso não era nada legal”, disse o baterista Vinnie Paul, que agora toca com o grupo de metal Hellyeah, à Rolling Stone EUA. “As pessoas faziam qualquer coisa para classificar a banda delas de outra coisa – ‘alternativo’ ou outro nome – apenas para não ser jogada na categoria de heavy metal. E nós carregávamos esta bandeira. Este disco foi muito extremo se comparado com qualquer outra coisa que tinha sido lançada naquela época.”

Bandas do Monsters of Rock preferem alimentos vegetarianos e pouco álcool.

Abrindo o disco com bastante força vinha a faixa “Strength Beyond Strength”. Com ritmo galopante, freadas e uivos de Phil Anselmo como um animal ferido, a canção trazia toda a agressividade com a qual o Pantera garantiu seu espaço no mainstream. Recordando aquela época, Paul diz que “Strength Beyond Strength” era a faixa perfeita para abrir o disco. “Era pesada, era rápida, e nós sabíamos que seria uma canção matadora para tocar ao vivo”, disse ele. “Tinha tudo o que a banda representava naquele tempo”.

Adolescente em estado terminal realiza último desejo tocando com Phil Anselmo.

Depois que o disco saiu, o grupo entrou em uma turnê implacável. O baterista diz que o grupo fez 312 shows ao longo de um ano. Mas entre as três centenas, um ainda é especial: o festival Monsters of Rock de 1994, que foi realizado no Donington Park, no Reino Unido. Uma recém-masterizada edição dos 20 anos de aniversário de Far Beyond Driven traz no segundo álbum a performance do grupo ao vivo naquele show. Far Beyond Bootleg – Live From Donington '94 traz ainda faixas favoritas dos fãs como “Walk”, “A New Level” e “Mouth for War”, assim como a faixa que abre o disco Far Beyond Driven, lançada com exclusividade pela Rolling Stone EUA.

Ouça a versão ao vivo de “Strength Beyond Strength” no Monsters of Rock de 1994:

A apresentação, diz Paul, é difícil de esquecer. “Eu lembro que estava chovendo muito”, disse ele. “E nós pensamos: que merda.’ E então fomos lá e as 100 mil pessoas enlouqueceram. Acabou sendo um show realmente emocionante.”