Paparazzo que perseguiu Justin Bieber pode ir para a prisão

Se condenado, Paul Raef pode passar um ano na cadeia e pagar multa de US$ 3500

Rolling Stone EUA Publicado em 26/07/2012, às 11h35 - Atualizado em 27/07/2012, às 13h35

Top Teen - Justin Bieber
AP

No começo do mês, Justin Bieber recebeu multa de excesso de velocidade por dirigir acima de 128 km/h, mais de 20 km/h do que o permitido, quando era perseguido por um fotógrafo, levantando questão sobre um possível reforço das autoridades de Los Angeles com uma lei antipaparazzi. Agora Paul Raef, um fotógrafo freelance, enfrenta na Justiça acusações por ter corrido atrás do astro, segundo informou o site TMZ.

Febre teen: os 25 momentos mais explosivos de ídolos adolescentes.

Raef recebeu duas notificações por ter sido imprudente e aproximado demasiadamente seu veículo com a intensão de tirar fotos, uma por direção imprudente e outra por desobediência a autoridades. A polícia diz que Raef estava entre diversos fotógrafos que perseguiam Bieber, mas foi ele quem “dirigiu acima de 130 km/h ignorando a sinalização de trânsito” para conseguir uma imagem do popstar. Quando a polícia parou ambos os carros, o cantor pacificamente parou e recebeu multa de velocidade, mas o paparazzo fugiu e foi capturado 30 minutos mais tarde.

Se condenado, Raef pode enfrentar um ano na cadeia, além de multas que chegam a US$ 3500.