“Caso Donald Trump se torne presidente dos Estados Unidos, será o fim do mundo”, diz Jennifer Lawrence

Atriz norte-americana criticou a candidatura do midiático bilionário

Redação Publicado em 02/10/2015, às 13h26 - Atualizado às 15h39

Jennifer Lawrence Donald Trump
AP

Jennifer Lawrence, protagonista da saga Jogos Vorazes, deu uma entrevista nesta sexta, 02, na qual criticou abertamente a pré-candidatura de Donald Trump pelo partido Republicano à presidência dos Estados Unidos.

Jogos Vorazes: franquia poderá ter sequência após A Esperança - Parte 2.

“Se Donald Trump se tornar presidente, será o fim do mundo”, afirmou Jennifer à revista Entertainment Weekly. A atriz ganhou o apoio dos atores Josh Hutcherson e Liam Hemsworth, que também se manifestaram contra a candidatura de Trump. Hutcherson, que vive o personagem Peeta, duvidou da legitimidade da proposta: “É um golpe de marketing. Não pode ser real".

Pôster e teaser de Jogos Vorazes: A Esperança - Parte 2 são divulgado; veja.

Jennifer também classificou a candidatura com uma suposta estratégia publicitária para os reality shows eventualmente apresentados pelo magnata. "Acredito de verdade que os programas chegaram a um ponto em que até coisas como esta [a campanha de Trump] podem ser somente para o entretenimento. É isto ou uma ideia brilhante da Hillary [Clinton, candidata à indicação democrata]."

Jennifer Lawrence estampou a capa da edição de novembro da Rolling Stone Brasil; relembre.

Em tom mais áspero, a atriz condenou a postura do pré-candidato: "Eu estava assistindo ao Trump durante seu discurso de campanha e um cara disse: 'Eu amo Donald Trump porque ele diz tudo o que eu penso mas não posso verbalizar por causa do politicamente correto'. Eu pensei: 'Você tem toda a razão. É essa a pessoa que eu quero representando meu país, alguém politicamente incorreto. Isso seria perfeito'".

Jogos Vorazes: A Esperança - O Final

Um dos títulos mais esperados do ano, Jogos Vorazes: A Esperança - O Final, que encerra a história cinematográfica baseada nos livros de Suzanne Collins mostra as armadilhas e dificuldades que serão impostas aos heróis no caminho até o sucesso.

A franquia Jogos Vorazes atraiu multidões de espectadores nos três primeiros filmes já exibidos. A Esperança: Parte 1, que estreou em novembro do ano passado nos cinemas, arrecadou grandiosos US$ 415 (RS 1,3 bilhão), enquanto Jogos Vorazes (2012) somou US$ 152,5 milhões (R$ 384 milhões) e Jogos Vorazes: Em Chamas (2013) faturou US$ 158,1 milhões (R$ 398 milhões).

Após o último filme da saga, é possível que a cinessérie tenha continuidade em um spin-off. Além disso, uma “experiência teatral” baseada nos Jogos Vorazes chegará aos palcos britânicos em 2016, de acordo com um anúncio feito pela produtora Lionsgate. Em parceria com a Imagine Nation e a Triangular Entertainment, o estúdio fará o espetáculo que será lançado em um teatro construído próximo ao Wembley Stadium, em Londres.