Para Sharon Osbourne, James Dio ‘jamais pôde substituir Ozzy’ como vocalista do Black Sabbath

A apresentadora explicou o motivo de não gostar da voz do cantor nas músicas da banda

Redação Publicado em 22/07/2020, às 18h07

None
Sharon Osbourne (Foto: Rich Fury/AP) | Ronnie James Dio (Foto: Reprodução/Twitter)

Sharon Osbourne parece não ter ressentimentos em relação ao Black Sabbath. Mesmo que a banda tenha demitido o marido dela, Ozzy Osbourne. A apresentadora, porém, revelou ao Wild Ride no dia 16 de julho, que não acredita que a participação de Ronnie James Dio no grupo foi bem-sucedida, via Cheatsheet

+++ LEIA MAIS: As 9 coisas mais bizarras que Ozzy Osbourne já fez [LISTA]

Os dois primeiros discos do Black Sabbath com Dio foram Heaven and Hell (1980) e Mob Rules (1981): "Eles tinham dois álbuns de sucesso. Eles fizeram bons álbuns de sucesso, fizeram duas boas turnês juntos. Mas, houve muita briga na banda com Ronnie", afirmou.

A apresentadora acredita que a voz do cantor não se encaixava no estilo musical do grupo: "Sempre olhei para Ronnie como um cantor de ópera rock. Ronnie tinha uma voz ótima, mas para uma banda que buscava um vocal do blues, o vocal dele [de Ronnie] era muito diferente. Jamais pôde substituir Ozzy. [...] Ele é bom. Por conta própria, Dio é ótimo."

+++ LEIA MAIS: Tony Iommi diz que Ozzy é péssimo para falar ao telefone: ‘Me ligava às 2h da manhã’

Após a saída de Dio, a banda passou por diversas mudanças: "Eles continuaram recebendo todos esses caras diferentes. Toda semana era outra pessoa e outra pessoa." Com toda essa agitação no Black Sabbath, as turnês se tornaram inconsistentes. Sharondisse: "Eles estavam indo muito mal e fazendo shows tolos. Não eram mais a manchete."


+++ FREJAT: O DESAFIO É FAZER AS PESSOAS SABEREM QUE O DISCO EXISTE