Parasita foi inspirado em filme de Sérgio Mallandro? 3 motivos para acreditar que sim

O filme sul-coreano ganhou o Oscar de Melhor Filme, mas pode ter sido inspirado em longa brasileiro

Redação Publicado em 22/02/2020, às 14h30

None
Sonho de Varão e Parasita (Foto: Reprodução)

Parasita, do diretor Bong Joon-Ho, ganhou o Oscar 2020 de Melhor Filme, mas será que o roteiro é, realmente, original? Teoria indica que o diretor, auto-declarado admirador do cinema brasileiro, se inspirou em Sonho de Verão, lançado em 1990 e estrelado por Sérgio Mallandro e as Paquitas.

+++LEIA MAIS: 6 filmes para entender Bong Joon Ho, o diretor de Parasita

Segundo o site Hypeness, a teoria iniciou quando Candidato Honesto, estrelado por Leandro Hassum, alcançou o topo das bilheterias na Coreia do Sul, país de Parasita. Confira 3 motivos para acreditar que Bong Joon-Ho realmente se inspirou em Sonho de Verão:

Semelhança na História

Parasita fala sobre um jovem desempregado que arranja trabalho na casa de uma família rica, conseguindo um um serviço para o pai, mãe e irmã dele com o objetivo de usufruírem o luxo vivido pela família Park. Quando os donos da casa viajam, a família aproveita a mansão, até que acontece uma tragédia. 

+++LEIA MAIS: Parasita entra para a história e se consagra o grande vencedor do Oscar 2020 com 4 prêmios

Em Sonho de Verão, uma família rica do Rio de Janeiro sai em viagem para os EUA enquanto uma filha fica em casa. Sérgio Mallandro, taxista que leva a família para o aeroporto, ouve a conversa e se oferece para trabalhar na casa, arranjando serviço para a namorada e amigos dele. Enquanto a família está fora, Mallandro e os personagens usufruem os luxos da casa.


Quem é o parasita?

No filme sul-coreano, o personagem “parasita” é o filho, que leva a família e a irmã para a casa dos ricos com o objetivo de fazer amizade com eles. Em Sonho de Verão, Sérgio Malandro faz o papel parasitário, chamando também a namorada e amigos para usufruírem o luxo da classe alta. 

+++LEIA MAIS: Parasita da vida real: famílias da Coreia do Sul realmente vivem em porões e no subsolo, como no vencedor do Oscar 2020


Armação

Nas duas obras, a armação do menos favorecido para cima da família rica é a mesma, tanto na vontade de tirar vantagem e, ao mesmo tempo, querer a vida da classe alta. No entanto, Parasitaconta com um simbolismos e  violência explícita enquanto Sonho de Verão acaba com clima de festa e confusão na casa. 


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA