Parceiro de Steve Jobs fala a respeito da morte do empresário

Steve Wozniak, cofundador da Apple, declarou que a morte do amigo foi como "ser acertado por um martelo na cabeça"

Redação Publicado em 07/10/2011, às 12h54 - Atualizado às 13h21

Steve Wozniak
AP

O ex-parceiro e cofundador da Apple ao lado de Steve Jobs, Steve Wozniak, falou à rede de TV norte-americana CBS na última quinta, 6, a respeito da morte do amigo. Wozniak, conhecido no meio da tecnologia como "o outro Steve", criou a empresa de computadores ao lado de Jobs em 1976, iniciando ali a popularização do computador pessoal, entre outras inúmeras inovações tecnológicas. As informações são do site TMZ.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"Quando eu ouvi a notícia minha mente ficou em branco, como se eu tivesse sido acertado por um martelo na cabeça", contou Wozniak. "À noite, passei por memórias de coisas que fizemos juntos, o quão importante elas foram, a forma como Steve me ensinou desde o início. Minha cabeça está girando."

Da revolução dos computadores pessoais à mudança radical na telefonia móvel, relembre a trajetória de Steve Jobs

Steve Jobs morreu aos 56 anos de idade, em decorrência de um tipo raro de câncer no pâncreas do qual sofria há 7 anos. Entre os muitos feitos de Jobs, um grande visionário do ramo, está a invenção de aparelhos como o computador Macintosh, o iPod, iPhone, iPad, além do iTunes. Ele fundou a Apple Inc. no final da década de 70, ao lado de Steve Wozniak, colega que conheceu enquanto trabalhava na empresa Hewlett-Packard.

Galeria: a história musical de Steve Jobs

Assista abaixo ao vídeo da entrevista de Steve Wozniak:

video platformvideo managementvideo solutionsvideo player