Parceiro de Marvin Gaye e lenda do R&B, Leon Ware morre aos 77 anos

Cantor e compositor norte-americano recentemente colaborou com Mano Brown no disco Boogie Naipe (2016)

Redação Publicado em 24/02/2017, às 11h22 - Atualizado às 12h57

O cantor e compositor de R&B, Leon Ware
Todd Williamson/AP

O cantor e compositor norte-americano Leon Ware morreu aos 77 anos de idade, na última quinta, 23. Segundo o site Okay Player, a lenda do R&B, soul e funk music vinha batalhando desde 2009 contra um câncer de próstata, mas a causa da morte dele ainda não foi divulgada.

Leon Ware é um dos nomes mais proeminentes do R&B, tendo escrito hits para artistas como Marvin Gaye, Michael Jackson, Ike & Tina Turner, The Isley Brothers, Bobby Womack, Donny Hathaway and the Miracles e Quincy Jones, entre outros. Ele também lançou diversos discos solo ao longo dos anos.

Ware recentemente colaborou com o MC dos Racionais, Mano Brown, no disco solo dele, Boogie Naipe (2016), na faixa “Felizes (Heart To Heart)”. “Entramos em contato pela internet, o Leon me mandou uma base e eu coloquei voz. Quando devolvi o som, o Leon disse ter gostado e que eu conquistaria várias gatas com aquela música, mas respondi que só quero uma mulher”, disse Brown em entrevista à Rolling Stone Brasil.

O compositor oriundo de Detroit, nos Estados Unidos, começou a ganhar destaque quando cocompôs a música “Got to Have You Back”, do Isley Brothers, em 1967. Depois, escreveu seis faixas do álbum Nuff Said (1971), de Ike & Tina Turner, que acabou entre os 40 mais vendidos de R&B no país.

Ganhando notoriedade, Ware colaborou na criação do hit “I Wanna be Where You Are”, presente no álbum Got to be There (1972), o primeiro solo de Michael Jackson, que vendeu mais de 5 milhões de cópias. O compositor nunca alcançou com a carreira solo o nível de sucesso que teve quando compôs para outros artistas.

E um dos parceiros mais emblemáticos de Ware foi Marvin Gaye. Berry Gordy escutou Ware trabalhando na música “I Want You” e achou que ela funcionaria para Gaye. As composições desenvolvidas por ele acabaram no disco I Want You (1976), que chegou ao primeiro lugar das paradas norte-americanas de R&B e teve o single principal entre os dez mais tocados no país.

Além da importância para o R&B, Ware foi sampleado notoriamente em músicas de hip-hop, de Tupac Shakur (“How Do U Want It”) a De La Soul (“Foolin'”), passando por A Tribe Called Quest e Jay Z, nos anos 1990. Alguns artistas, aliás, já foram às redes sociais lamentar a morte de Ware.