Paul McCartney abraça o passado e canta ‘Let It Be’, dos Beatles, em show de 1990; assista

Após começar a carreira solo, o músico evitou por um tempo cantar as músicas do grupo que fundou

Redação Publicado em 03/03/2020, às 13h34

None
Paul McCartney (Foto: Tim Sharp / AP)

Quem foi a um show recente do Paul McCartney sabe que ele só toca hits, desde os da carreira solo até os da época como um dos Beatles. Porém, durante os anos 1970, após a separação do quarteto, o músico deixou de tocar as composições da banda.

Ele foi abraçar o passado apenas em 1990, durante a turnê The Paul McCartney World Tour, quando trouxe de volta o clássico “Let It Be”.  

McCartney tomou essa decisão pois, em 1970, após o fim dos Beatles, entrou para o Wings e decidiu então se desligar do passado. No entanto, o artista chegou a cantar uma música ou outra da icônica banda da Inglaterra, nas turnês de 1975, 1976 e 1979.

+++LEIA MAIS: Baixo isolado de ‘Come Together’ prova que Paul McCartney é um dos melhores baixistas de todos os tempos

Mas isso mudou, pois na turnê mencionada anteriormente, em 1990, já separado dos Wings, ele cantou “Let It Be” ao vivo, o que simbolizou a aceitação daquilo que ele havia deixado para trás.

Um filme de 1991, intitulado Get Back, que documentou a The Paul McCartney World Tour, registrou esse momento. O longa foi dirigido por Richard Lester, responsável por dirigir Superman III, protagonizado por Christopher Reeve.

Assista ao trecho abaixo.


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'