Paul McCartney acha China ‘um pouco medieval’ por comer morcegos

O ex-Beatle falou sobre a pandemia e a questão do mercado chinês

Redação Publicado em 16/04/2020, às 18h21

None
Paul McCartney (Foto: Tim Sharp / AP)

Paul McCartney em uma entrevista ao SiriusXM, no início desta semana, comentou sobre o período de coronavírus e também falou que acha a China “um pouco medieval” por ter o costume de comer morcegos, via Hollywood Reporter

+++LEIA MAIS: O fim dos Beatles em 9 citações: "Ela não é uma Beatle, John, e nunca será"

O apresentador falou sobre o mercado da China - que vende animais recém-abatidos - que alguns culpam pela pandemia. McCartney, um amante sincero de animais, não mediu palavras sobre os sentimentos em relação a esta situação. 

"Realmente espero que isso signifique que o governo chinês diga: 'OK, pessoal, nós realmente precisamos ser super higiênicos por aqui.' Vamos ser sinceros, é um pouco medieval comer morcegos", disse ele. 

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney ou John Lennon: quem cantou mais músicas dos Beatles?

Ele continuou: "Todas essas práticas medievais. Eles só precisam ser higiênicos. Se isso não acontecer, não sei o que será." 

Na mesma entrevista, McCartney  falou que percebeu ao longo dos anos que subestimava George Harrison nos Beatles. Os dois eram amigos quando crianças em Liverpool.

+++LEIA MAIS: Paul McCartney admite que subestimou George Harrison nos Beatles


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA