Paul McCartney adia turnê norte-americana devido a problemas de saúde

“Vai demorar algumas semanas até que voltemos a tocar na América”, disse o ex-beatle

Rolling Stone EUA Publicado em 09/06/2014, às 19h03 - Atualizado em 14/06/2014, às 13h37

.
Zach Cordner/AP

Paul McCartney reagendou as datas da turnê norte-americana, que começaria no meio de junho e iria até outubro. A turnê Out There agora terá início em Albany, em Nova York, no dia 5 de julho. O ex-beatle está se recuperando da infecção viral que o forçou a cancelar algumas apresentações no Japão e na Coreia do Sul.

Paul McCartney, uma lenda viva que não consegue ficar parada.

“Desculpe-me, mas vai demorar algumas semanas até que voltemos a tocar na América”, disse McCartney em um comunicado. “Estou me sentindo bem, mas estou seguindo os conselhos dos meus médicos de ‘pegar leve’ por mais alguns dias. Espero vê-los em breve”.

O cantor de 71 anos de idade adiou uma série de shows na Ásia no fim de maio, quando ele apareceu com uma infecção viral e foi hospitalizado em Tóquio. Na época, um representante de McCartney disse: “Ele vai se recuperar completamente, e agora terá alguns dias de descanso”.

Edição 91: Como os Beatles Conquistaram o Mundo.

Antes da remarcação das datas, a perna norte-americana da turnê Out There, de Paul McCartney, chegaria ao fim em São Francisco, onde ele faria a última apresentação no Candlestick Park. O local deste show, que agora acontecerá no dia 14 de agosto, é o mesmo onde os Beatles fizeram a última apresentação ao vivo, em 1966.