Pulse

Paul McCartney critica artistas que tocam com gravações de apoio

"Para mim, a experiência ao vivo é onde o coração da música está", disse o músico em entrevista à jornal britânico no último domingo, 1

Redação Publicado em 02/01/2012, às 15h53 - Atualizado às 15h53

O ano que vem já promete ser agitado para música, com veteranos e novatos anunciando seus novos trabalhos. Aqui estão alguns dos discos nacionais e internacionais mais aguardados para 2012.
AP

O ex-beatle Paul McCartney criticou os músicos que fazem uso de gravações de apoio em seus shows ao vivo no último domingo, 1, em entrevista ao jornal britânico Sunday Express. Paul teria ficado chocado ao saber do engenheiro Paul Pablo Boothroyd que alguns artistas faziam uso desse tipo de técnica. Sem citar nomes, tudo o que se sabe é que Boothroyd já trabalhou com nomes como Eurythmics e AC/DC.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"Para mim, a experiência ao vivo é onde o coração da música está", disse Paul. "Eu já fui a shows em que pensei: 'Nossa, eu realmente estou neste lugar com Tony Bennett e é como se ele estivesse na minha sala de estar'. Essa é uma grande parte da experiência."

Paul reforçou que os erros ao vivo não degrinem o artista, mas reiteram sua habilidade de tocar ao vivo. "Quando erramos tocando ao vivo, nós sempre nos viramos e dizemos: 'Vou te contar - isso prova que estamos mesmo ao vivo."