Paul McCartney diz ter chorado por um ano quando sua esposa morreu

Linda McCartney teve câncer e morreu aos 56 anos

Redação Publicado em 07/07/2019, às 14h00

None
Linda e Paul McCartney (Foto: AP /David Pickoff)

Paul McCartney concedeu uma entrevista à BBC e revelou ter chorado durante um ano após a morte de sua esposa, Linda McCartney em 1998. A fotográfa e cantora morreu após lutar contra um câncer de mama.

Em uma entrevista para à BBC, Paul falou sobre a exposição de retrospectiva do trabalho de Linda e relembrou a morte da esposa e de sua mãe. 

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney lembra da única música sua elogiada por John Lennon

"Tanto minha mãe quanto Linda morreram de câncer de mama. Eu lembro de uma noite em que ouvi o meu pai chorar no quarto ao lado. Foi muito trágico porque nunca o ouvimos chorar", conta. 

Quanto a morte de Linda, o ex-beatle disse que "chorou durante um ano". "Você espera ver a pessoa chegar, a pessoa que você ama porque você está muito acostumado com a presença dela", disse. "Eu chorei muito. Era quase constrangedor, exceto pelo fato de que era a única coisa que eu podia fazer", completou. 

+++ LEIA MAIS: Sobre o que Paul McCartney realmente canta em Blackbird?

McCartney também relembrou sobre uma viagem que fizeram antes da morte de Linda.  "Estávamos na Grã-Bretanha e fizemos o que queríamos. Ela tirou fotos de tudo", conta. 

+++ LEIA MAIS: Por que Paul McCartney teve um colapso durante as gravações do White Album?

Paul e Linda McCartney se casaram em março de 1969 em Londres e tiveram três filhos, Mary, Stella e James. Em 1971, lançaram o álbum Ram e formaram a banda Wings no mesmo ano.

O casal também chegou a ser indicado ao Oscar com a música "Live And Let Die", trilha sonora do filme de 1973 com o mesmo nome. 

+++ SESSION ROLLING STONE: Cynthia Luz acredita no amor puro com "Não Sou Sem Nós"