Paul McCartney e John Lennon quase se reuniram para cantar na TV dos EUA; conheça a história

Em 1976, os músicos quase responderam a um pedido de Lorne Michaels, do Saturday Night Live, para se apresentarem no programa

Redação Publicado em 24/04/2020, às 19h24

None
Paul Mccartney e John Lennon (Foto: Dalmas Sipa Press / AP Images)

Os Beatles se separaram oficialmente em 1970, mas a importância do grupo para o mundo da música fez com que diversos pedidos para a volta da banda fossem feitos - entre eles o de Lorne Michaels, criador e na época produtor do Saturday Night Live.  As informações são da Far Out Magazine.

+++LEIA MAIS: Mick Jagger dá resposta afiada a Paul McCartney sobre ‘os Beatles serem melhores que os Stones’

Em depoimento direcionado aos telespectadores do programa, em 1976, o apresentador abordou a importância do grupo ao vivo: “Os Beatles são a melhor coisa que já aconteceu com a música. É ainda mais profundo do que isso - vocês não são apenas um grupo musical, são parte de nós. Nós crescemos com vocês”.

Em seguida, Lorne Michaels faz o pedido: “Agora, ouvimos e lemos muito sobre conflitos legais que podem impedir que vocês se reúnam. Isso é algo que não é da minha conta. Isso é um problema pessoal. Vocês terão que lidar com isso. Mas também foi dito que ninguém ainda tem dinheiro suficiente para se satisfazer. Bem, se querem dinheiro, não há problema”.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney ou John Lennon: quem cantou mais músicas dos Beatles?

O produtor continuou, explicando que a banda poderia tocar três canções no programa: “A National Broadcasting Company me autorizou a oferecer esse cheque para vocês estarem no nosso programa. Um cheque certificado de US $ 3.000".

“‘She Loves You’, yeah, yeah, yeah - são US $ 1.000. Vocês conhecem as palavras. Vai ser fácil. Como eu disse, isso é feito para os Beatles. Vocês o dividem da maneira que quiserem. Se preferem dar menos a Ringo [Starr] é com vocês. Prefiro não me envolver”, concluiu Michaels.

+++LEIA MAIS: John Lennon e Paul McCartney tem lembranças diferentes de compor ‘Ticket to Ride’

A iniciativa quase deu certo, como explicou John Lennon em 1980:  “Paul estava nos visitando em nossa casa em Dakota. Estávamos assistindo e quase fomos ao estúdio, como uma piada. Quase entramos em um táxi, mas na verdade estávamos cansados ​​demais. Estávamos sentados assistindo ao show e nos perguntamos: 'Ha ha, não seria engraçado se fossemos? Mas não aconteceu ".

Paul McCartney confirmaria a história em outra entrevista: “John disse: 'Deveríamos descer, só você e eu. Somos apenas dois, então vamos gastar metade do dinheiro, mas teria sido trabalho, e estávamos tendo uma noite de folga, então decidimos não ir. Foi uma boa ideia - quase fizemos”.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney relembra briga com John Lennon: ‘O maluco mais adorável que já conheci’


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASI