Paul McCartney explica porque não ouve mais os discos dos Beatles

Em entrevista para falar sobre um novo livro, McCartney revelou o motivo de não ouvir mais as músicas feitas com John Lennon, George Harrison e Ringo Starr

Redação Publicado em 02/01/2020, às 14h57

None
Paul McCartney e John Lennon em 1965 (Foto: Sipa via Ap Images)

Em uma entrevista para o The Penguin Podcast para falar sobre o novo livro dele, Paul McCartney revelou que não ouve mais as músicas dos Beatles, criadas ao lado de John Lennon, George Harrison e Ringo Starr.

+++ LEIA MAIS: Cocaína e problemas técnicos - a última gravação de Paul McCartney e John Lennon

"Eu não ouço muito os Beatles. Não ouço as minhas próprias músicas", contou o artista de 77 anos, durante a promoção do livro Hey Grandude!. "Estou pensando na próxima coisa a fazer. E estou sempre fazendo algo, porque gosto muito de trabalhar."

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney diz ter chorado por um ano quando sua esposa morreu

McCartney explicou que ouve os discos dos Beatles, geralmente, para os projetos especiais e relançamentos com nova masterização e mixagem.

"Mas é legal quando há alguma remasterização ou algum projeto de aniversário dos Beatles. Preciso ouvir para aprovar. Então, ouço a versão remasterizada e a versão antiga. E, sabe, às vezes a antiga soa melhor", conta McCartney.

+++ LEIA MAIS: Yoko Ono, Linda McCartney e mais: 6 musas que inspiraram grandes astros do rock

Paul continua: "Então você percebe: 'Espere aí, esse aqui [gravações antigas] tem mais corpo. E falo com o engenheiro de som. É assim que escuto os discos dos Beatles."

Ele conta que o normal é "compor, gravar, lançar e provavelmente nunca mais ouvir essas músicas de novo". "Até a próxima sessão de remasterização", brinca McCartney. "E eu gosto disso."

+++ LEIA MAIS: Filho achava John Lennon 'hipócrita' por defender a paz, o amor e destruir a própria família

Por fim, o músico revela que costuma ouvir os Beatles em uma estação de rádio dedicada ao Quarteto de Liverpool quando está nos estados unidos. "Quando estou lá, eu ouço [risos]."


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'