Paul McCartney foi convidado para fazer trilha do filme do Surfista Prateado nos anos 80

A produção de Lee Kramer, contudo, nunca saiu do papel

Redação Publicado em 29/12/2013, às 16h53 - Atualizado às 17h10

Paul McCartney
Al Powers/AP

Em 1980, o produtor Lee Kramer queria adaptar o quadrinho da Marvel O Surfista Prateado para o cinema. A ideia inicial era de que o filme fosse uma ópera rock cósmica estrelada pela namorada de Kramer, a inglesa Olivia Newton-John. O projeto, contudo, nunca saiu do papel.

Galeria: dez grandes parcerias do rock and roll, como John Lennon e Paul McCartney.

Recentemente, Sean Howe, autor do livro Marvel: The Untold Story, publicou uma carta no qual Stephen Shrimpton, o empresário do ex-Beatle Paul McCartney, negociava a participação do músico como compositor da trilha sonora do filme. Nela, Shrimpton explicou que McCartney havia se interessado pelo projeto e achado o conceito interessante. “Mas antes de irmos adiante, precisamos saber exatamente o que Paul faria. Uma música? Várias? A trilha sonora toda?” O empresário também pediu que Kramer enviasse parte do filme assim que as filmagens fossem iniciadas.

Por que o sonho acabou: os bastidores da saga dos Beatles – e as forças que esfacelaram a maior banda de todos os tempos.

Paul McCartney, por sua vez, é conhecido por ser um grande fã de HQs. No filme Help! dos Beatles, podemos ver vários quadrinhos no piano que McCartney toca em uma cena. Além disso, em 1975, ele escreveu a música “Magneto and Titanium Man”, cuja letra é uma referência aos personagens da Marvel.

Paul McCartney surpreende escola no Queens com show-surpresa; saiba como foi.

A única aparição do Sufista Prateado nas telas de cinema aconteceu em 2007, quando o personagem fez parte do filme Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado.