Paul McCartney apoia uma possível reunião do Oasis: "Eles são loucos, mas são legais"

"É bom ver que dois irmãos se gostam", disse o ex-beatle sobre os Gallagher

Redação Publicado em 14/05/2015, às 09h45 - Atualizado às 10h06

Paul McCartney leva a turnê Out There! para o show beneficente no Tobin Center, em San Antonio, nos Estados Unidos, em outubro de 2014.
Eric Gay/AP

Um bate-papo online entre Paul McCartney e fãs dele no Japão acabou desaguando em um assunto inesperado. Presente no país oriental há poucas semanas para uma série de apresentações, a lenda foi questionada sobre um possível retorno dos conterrâneos britânicos do Oasis.

Reuniões: 20 bandas que gostaríamos que voltassem.

O ex-beatle aconselhou os irmãos Liam e Noel Gallagher a tocarem juntos novamente. “Não sei se eles vão fazer as pazes um dia. Seria bom porque acho que todo mundo gosta que dois irmãos se gostem e fiquem bem. É uma pena porque eles são muito bons juntos. Como muitos irmãos, eles são loucos. Mas seria bom se eles voltassem a tocar juntos”.

Noel Gallagher revela música em parceria com Johnny Marr; conheça “Ballad Of The Mighty I”.

O Oasis se separou em 2009 e, desde então, boatos sobre uma reunião do grupo são frequentemente alimentados. Publicamente, Liam e Noel fazem questão de expressar uma certa rivalidade, jogando um para o outro a responsabilidade pelas especulações que sugerem a respeito da reunião.

Noel Gallagher questiona legalização das drogas e apoia casamento gay.

Noel está atualmente em turnê pelos Estados Unidos com o High Flying Birds, banda com a qual lançou recentemente o segundo disco do grupo, Chasing Yesterday.

“Meu conselho? Fiquem juntos logo e façam algumas boas músicas! Mas eles têm de querer. Acredito que muita gente gostaria que eles fizessem isso. Eles são caras muito legais”, disse ainda McCartney, que fez questão de publicar a manifestação de apoio no site oficial dele.