Paul McCartney recebe prêmio das mãos de Obama

Ex-beatle foi homenageado com o Gershwin Prize, na Casa Branca, por sua contribuição à música

Da redação Publicado em 03/06/2010, às 14h15

Paul McCartney recebe o Gershwin Prize das mãos de Barack Obama
AP

Paul McCartney recebeu na noite desta quarta-feira, 2, o Gershwin Prize for Popular Song, nos Estados Unidos. O prêmio foi entregue por Barack Obama, na Casa Branca, em evento que contou com apresentações de Stevie Wonder, Elvis Costello, Jonas Brothers, Dave Grohl, Herbie Hancock, Corinne Bailey Rae, Emmylou Harris e Faith Hill, além do comediante Jerry Seinfeld e, claro, do próprio Macca.

O Gershwin Prize presta homenagem a artistas por sua contribuição à música. Paul McCartney é o terceiro a receber a honraria, e o primeiro não nascido nos Estados Unidos: Paul Simon foi nomeado em 2007, e Stevie Wonder em 2009.

O ex-beatle aproveitou a ocasião para enaltecer Obama - e cutucar George W. Bush. "Receber esse prêmio já seria muito bom, mas recebê-lo deste presidente...", disse, mais tarde completando: "Depois dos últimos oito anos, é ótimo ter um presidente que sabe o que é uma biblioteca". Obama, por sua vez, aproveitou para lembrar que 200 músicas de Paul entraram para as paradas norte-americanas, ficando nas listas, segundo o governante, por um tempo equivalente a 32 anos.

O presidente dos Estados Unidos estava acompanhado da primeira-dama, Michelle Obama, e de suas duas filhas, Sasha e Malia Obama. Nancy Shevell, namorada de McCartney, também estava presente. Durante o evento, Obama lembrou do vazamento de óleo no Golfo do México, um dos maiores desastres ecológicos já ocorridos no globo. "Nesse momento, nossos pensamentos e orações estão com amigos na porção do país que é tão rica em música, e está lidando com algo simplesmente nunca visto antes", disse o presidente. "Parte do que nos ajuda a passar por momentos difíceis é a música, a arte. Elas nos ajudam a capturar aquela semente dentro de nós, a parte que canta mesmo quando os tempos estão difíceis."

A noite terminou com McCartney convidando os músicos que se apresentaram e Obama e sua família para cantar "Hey Jude" no palco. "Eu não acho que possa existir algo mais especial que tocar aqui [na Casa Branca", afirmou.

Assista a trechos da cerimônia abaixo: