Paulo Gracindo é tema de documentário

Filme realizado por filho do ator tem sessão única nesta terça-feira, no É Tudo Verdade

Da redação Publicado em 31/03/2008, às 13h18 - Atualizado às 14h29

Paulo Gracindo, na pele de Odorico Paraguaçu, em O Bem-Amado
Divulgação

A trajetória de Paulo Gracindo passa pela história e pelo auge da televisão e do rádio no Brasil. O carioca viveu os momentos áureos das duas mídias, atuando em radionovelas, no teatro e, posteriormente, na televisão.

Gracindo, que morreu aos 84 anos, em 1995, é homenageado no documentário Paulo Gracindo - O Bem-Amado, com exibição única amanhã, dentro do É Tudo Verdade.

Entenda o É Tudo Verdade aqui.

O filme, dirigido por Gracindo Junior, filho do ator, apresenta depoimentos de amigos e imagens de arquivo. O título do documentário, que tem 84 minutos, faz referência a Odorico Paraguaçu, personagem vivido por Gracindo na década de 70 na novela O Bem-Amado.

O documentário terá sessão única nesta terça, 1º de abril, no Cinesesc. Para retirar o ingresso (que é gratuito), é recomendado chegar com no mínimo uma hora de antecedência.

Paulo Gracindo - O Bem-Amado

Cinesesc - 01/04 - 19h

Rua Augusta, 2075 - Jardins, SP

Informações: (11) 3087-0500