Pedreira Paulo Leminski deverá ser reaberta

Espaço de Curitiba que já trouxe nomes como Paul McCartney, David Bowie e Pearl Jam pode voltar a receber shows após quatro anos fechado

Redação Publicado em 07/02/2012, às 13h10 - Atualizado às 13h26

Pedreira Paulo Leminski
Divulgação/C. Ruggi

A Pedreira Paulo Leminski, conhecido espaço de Curitiba, deverá voltar a receber shows após quase quatro anos. O local que já recebeu nomes como Paul McCartney, David Bowie e Pearl Jam passará por melhorias antes de ser reaberto. A decisão da juíza Mariana Gusso foi emitida na última segunda, 6, após audiência entre a Prefeitura, Associação de Moradores e o Ministério Público do Paraná. As informações são do site Paraná Online.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Entre as melhorias previstas pela lei para que a Pedreira volte a funcionar, estão a ampliação dos portões de entrada e saída de emergência, além da criação de meios que facilitem a chegada aos estacionamentos. Equipamentos que redirecionem o som, a fim de que não vaze para bairros vizinhos como o Abranches, e melhorias na segurança (entre elas um posto militar) também estão entre as exigências. O Corpo de Bombeiros, responsável pela indicação das necessidades do espaço, fiscalizará as obras na Pedreira, que ainda não têm previsão de início.

Fechado em 2008 após um pedido formal de 134 moradores dos arredores da Pedreira, o pedido de reabertura do local contou com manifestações na internet e até a criação de um movimento, chamado "A Pedreira É Nossa". O movimento tinha como base a conciliação entre os vizinhos e os interessados em reabrir o local, considerado um ponto turístico da cidade e que, nos últimos anos, só realizava anualmente o espetáculo da Paixão de Cristo. O último show de grandes proporções realizado na Pedreira foi do grupo Inimigos da HP.

"Na prática, os shows voltam assim que a Pedreira receber a adequação necessária para que não haja mais prejuízo para os vizinhos", afirmou o vereador Jonny Stica, um dos idealizadores do "A Pedreira É Nossa", no site oficial do movimento. "Ao mesmo tempo, essas exigências farão com que os eventos realizados no local sejam mais profissionais."