Pelé vira herói de videogame

Astro apresenta seu game de futebol na E3

Por Pablo Miyazawa, de Los Angeles Publicado em 03/06/2009, às 17h05

Confirmando a tendência de os videogames serem o porto seguro definitivo da cultura pop, a feira Electronic Entertainment Expo (E3), em Los Angeles, continua sendo o palco das aparições inusitadas. Horas após Paul McCartney, Ringo Starr - os Beatles remanescentes (saiba mais aqui) - e Steven Spielberg estrelarem a coletiva de imprensa da Microsoft, foi a vez de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, fazer uma participação especial no evento.

Pelé foi a estrela da coletiva de imprensa da produtora francesa Ubisoft, na última segunda-feira, 1: o ícone do futebol é o protagonista do game Academy of Champions Football, exclusivo para o console Wii, da Nintendo. Vestido de branco, sorridente como de costume e ovacionado pela plateia de jornalistas estrangeiros, Pelé discursou - em português e sem se importar com a tradução simultânea - sobre a importância do futebol em sua vida e como o game ("joguinho", nas suas palavras) pode atrair o público mais jovem ao esporte "com positividade, entende?".

De acordo com a produtora do jogo, Pelé foi escolhido como o garoto-propaganda por ser "um ídolo reconhecido no mundo todo, tanto por adultos como por crianças, até mesmo nos Estados Unidos", conforme definiu o finlandês Thomas Piriner, o designer do game. "Quando pensamos em criar um jogo de futebol para crianças, logo pensamos em convidá-lo para participar, mas achávamos que era impossível. Ligamos para ele, e ele topou na hora", diz.

Academy of Champions Football é um game de futebol destinado a crianças e com pouco foco no realismo - não há regras, faltas ou táticas -, que utiliza diversos dos aspectos únicos do Wii, como o joystick sensível a movimentos. Pelé faz o papel do administrador da academia de futebol para jovens atletas, além de também ser um dos personagens jogáveis. Os gráficos são exageradamente estilizados - a versão virtual de Pelé, inspirada no visual do jogador nos anos 60 - parece saída de um desenho animado moderno.

A Ubisoft, por sua vez, alega que os pontos fortes do jogo, com lançamento previsto para setembro, são os minigames e o enredo que permeia as partidas. Vale lembrar que não é a primeira aparição do Rei em um jogo de videogame: ele foi o protagonista de Pele's Soccer, jogo para o console Atari lançado no início dos anos 80.