Pequim está em estado ‘extremamente grave’ devido ao coronavírus, revela prefeitura

O surto detectado na capital chinesa despertou medo de que uma "segunda onda" da Covid-19 estaria a caminho

Redação Publicado em 16/06/2020, às 09h46

None
Pequim, China (Foto: Kevin Frayer / Getty Images)

Nesta terça, 16, um porta-voz do prefeito de Pequim revelou que, na última semana, centenas de pessoas foram infectadas com o novo coronavírus somente na capital chinesa, que está em estado “gravíssimo”. A notícia foi dada pelo portal UOL.

+++ LEIA MAIS: Bolsonaro responde ‘sai daqui’ para apoiadora que questiona 38 mil mortes por coronavírus

Segundo Xu Hejian, Pequim está “correndo contra o relógio” diante da covid-19, com 27 casos detectados nas últimas 24 horas. Agora, o saldo total dos últimos cinco dias é de 106 casos,

O surto despertou medo de que uma “segunda onda” estaria a caminho, como observou o UOL. A Organização Mundial da Saúde (OMS), que está acompanhando o novo coronavírus “de perto”, mencionou o possível envio de mais especialistas à capital nos próximos cinco dias, 

+++ LEIA MAIS: Bolsonaro é o presidente com maior rejeição do século

Na semana passada, o vírus foi detectado no mercado atacadista de Xinfadi. Assim, para intensificar a luta contra a covid-19, outros mercados de Pequim foram bloqueados total ou parcialmente, enquanto trinta áreas residenciais foram colocadas em quarentena. 

 


+++ A PLAYLIST DO RUBEL