Pesquisa aponta que casos de coronavírus no Brasil é 7 vezes maior do que divulgado pelo governo

Região Norte do país é a mais afetada pela doença

Redação Publicado em 26/05/2020, às 09h48

None
Pessoas de máscara em fila (Foto: Chip Somodevilla / Equipe)

De acordo com levantamento feito pela RBS TV, a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) realizou uma pesquisa responsável por apontar que casos do novo coronavírus no Brasil é 7 vezes maior do que divulgado pelo Ministério da Saúde

Os pesquisadores da UFPel visitaram 21, de 27, capitais estaduais em lares escolhidos por meio de sorteio. Eles analisaram a proporção da população contanimada por cada região do país.

+++LEIA MAIS: Projota e outros artistas comentam sobre o Caso João Pedro e o racismo estrutural no Brasil

A Região Norte do Brasil, de acordo com a pesquisa, é a mais afetada pela pandemia do coronavírus. Em Breves, Pará, 24,8% da população, cerca de um quarto, tem ou teve a doença. Já no Nordeste, as cidades de Recife e Fortaleza possuem os maiores índices de pessoas infectadas pela covid-19.

Enquanto isso, no Sudeste, a cidade do Rio de Janeiro teve 2% da população infectada e São Paulo contabilizou 3%. No Sul do Brasil, somente Florianópolis contabilizou mais de 0,5% da população com coronavírus.

+++LEIA MAIS: Diretor de Contágio não previu 'a irracionalidade’ das pessoas com o coronavírus

No Rio Grande do Sul, foram entrevistadas 25.025 pessoas no total. Pesquisadores do Ibope participaram do levantamento e foram realizados, em 133 municípios, testes rápidos para a covid-19.

Segundo realizadores da pesquisa, foram analisados cerca de 54 milhões de habitantes do Brasil. Ou seja, é como se a pesquisa tivesse sido realizada em apenas um quarto da população do país.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE