Pete Doherty admite que o Libertines vai se reunir por dinheiro

“É completamente do espírito da banda tocar no Hyde Park por dinheiro”, disse o guitarrista e vocalista à NME

Rolling Stone EUA Publicado em 02/05/2014, às 14h17 - Atualizado às 14h53

Libertines  - Carl Barât e Pete Doherty
Lefteris Pitarakis/AP

O vocalista e guitarrista do Libertines Pete Doherty explicou a motivação para reunir o grupo para uma apresentação única no Hyde Park, em Londres, no próximo mês de julho. Anteriormente, o cantor havia dito que teve um “surto de nostalgia” depois de ouvir algumas músicas do grupo no YouTube, “depois eles me disseram o quanto nos pagariam e, não posso mentir, não dava para dizer não. Ao menos não no meu estado atual”. Agora, em entrevista à NME, ele não teve remorso em afirmar que estaria "se vendendo". “O que [os críticos] acham que o Libertines fez? Assinou com a Rough Trade, correto? Puramente pelo dinheiro”, ele disse. “É completamente do espírito da banda tocar no Hyde Park por dinheiro. De que porra eles estão falando?”.

Entrevista com Carl Barât: “O melhor ainda está por vir".

“Da última vez deveríamos receber £ 240 mil cada um, já com os impostos pagos, mas mim e para Carl”, ele disse. “Mas depois que pagaram pelos ônibus e todas essas merdas, não sobrou nada. Desta vez, acho que vamos tirar meio milhão cada”.

Babyshambles, banda de Pete Doherty, lança primeiro clipe de novo disco e revela a inédita “Picture Me In A Hospital”.

Antes da apresentação no Hyde Park, a dupla vai fazer alguns shows para recuperar a agilidade no palco com as antigas canções. “Serão aquecimentos, e talvez haja um [show] de graça para pessoas que não conseguirem entrar no Hyde Park”, disse Doherty. Mas essa não é a única surpresa que o grupo está contemplando. “Com sorte, apareceremos com algumas músicas novas para Hyde Park”, Barât disse ao The Indepedent recentemente.