Peter Hook anuncia livro de memórias sobre o Joy Division

Baixista quer esclarecer detalhes sobre relacionamento entre os integrantes e sobre o suicídio de Ian Curtis

Redação Publicado em 05/07/2012, às 13h14 - Atualizado às 13h15

Peter Hook prefere manter as boas lembranças de Ian Curtis
Divulgação

Peter Hook, ex-baixista do Joy Division, irá lançar um livro de memórias sobre a carreira da banda inglesa. Unknown Pleasures: Inside Joy Division será seu trabalho como autor – o primeiro relatou o surgimento, o auge e o fechamento da The Haçienda, emblemática casa noturna que ele dirigiu em Manchester. O novo trabalho, que será publicado no dia 1º de outubro, relembrará o período entre 1976, quando o agora escritor fundou o grupo junto ao guitarrista Bernard Sumner, e 1980, ano em que o vocalista Ian Curtis cometeu suicídio.

Leia entrevista que Peter Hook concedeu à Rolling Stone antes de vir para o Brasil no ano passado.

Em anúncio oficial, a editora Simon & Schuster informou que o livro esclarece detalhes sobre a morte do colega, bem como a relação entre os integrantes que, mais recentemente, depois do fim do New Order (banda que formaram após o suicídio de Curtis), romperam completamente.

Hook disse em entrevista ao site Exclaim, no ano passado, que “há muita coisa escrita sobre o Joy Division feita por quem não estava por perto”, e completou: “Espero com este livro colocar meus demônios do Joy Division para descansar. E então colocar meus demônios do New Order para descansar. E então descansar”.