Pulse

Petição contra a Sony pede que Homem-Aranha fique com a Marvel

O pedido surgiu após o anúncio do fim do acordo entre a Disney e a Sony sobre os direitos cinematográficos do Homem-Aranha

Redação Publicado em 21/08/2019, às 11h13

None
Tom Holland como Homem-Aranha. (Foto: Jay Maidment)

A possível decisão da Sony Pictures de não renovar seu acordo com a Disney sobre os direitos cinematográficos do Homem-Aranha resultou em uma grande repercussão em Hollywood e no mundo - o assunto foi o mais comentado do Twitter mundial na noite de terça, 20. 

Logo, foi criada a petição: "Deixe o Homem-Aranha com a Disney e o MCU".

O criador da ação, Nate Philips, declarou um boicote à Sony caso ela não volte atrás na decisão de tirar o super-herói fora das franquias da Marvel.

"O Homem-Aranha no MCU trouxe alguns dos melhores momentos na história do cinema moderno. A Sony precisa abrir mão dessa propriedade ou renegociar com a Disney para deixar todos os fãs felizes. Por favor se junte a mim e fique contra a Sony, que vou boicotar até esse acordo ser devidamente resolvido."

A disputa entre a Disney e a Sony se resume no acordo financeiro e criativo que as duas empresas têm sobre o personagem cinematográfico. A Disney solicitou 50% dos lucros com a produção de Kevin Feige para os próximos filmes, porém a Sony queria renovar o acordo mantendo as condições já estabelecidas, nas quais a Disney arrecadava apenas 5% da bilheteria total.

Após a repercussão negativa, a companhia japonesa se manifestou e afirmou que está desapontada com a saída do produtor Kevin Feige, que deixará a produção dos filmes junto com a Disney.

"Nós estamos desapontados, mas respeitamos a decisão da Disney de não tê-lo como produtor principal dos nosso próximo filme do Homem-Aranha [...] entendam que as diversas responsabilidades que a Disney atribuiu para ele - incluindo todas as novas propriedades da Marvel - não dão tempo para ele trabalhar na propriedade intelectual que eles possuem agora", declarou a Sony.

As duas grandes companhias firmaram o acordo em 2015 para que o super-herói participasse do MCU, trazendo vantagens para a Sony que teve a maior bilheteria da companhia com Homem-Aranha: Longe de Casa, com US$ 1,108 bilhão. A Sony ainda tem planos de produzir dois filmes com Tom Holland, segundo a revista Variety.

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos