Oscar 2020: Petra Costa diz que Democracia Em Vertigem 'é uma carta de amor ao Brasil'

A cineasta e documentarista brasileira já chegou à cerimônia do Oscar, que acontece na noite deste domingo, 9

Redação Publicado em 09/02/2020, às 21h42

None
Petra Costa (Foto: Reprodução / Instagram)

Acontece na noite deste domingo, 9, a cerimônia do Oscar 2020. Petra Costa, diretora que representa o Brasil na premiação com o documentário Democracia Em Vertigem, já chegou ao tapete vermelho, e em uma entrevista logo na recepção, falou sobre a motivação e a idealização do longa.

"O filme é uma carta de amor ao Brasil, ao país que eu sonhava que teria. Eu creci sonhando que a democracia era a coisa certa, o resultado de uma vida de luta contra os meus pais, e foi muito triste perceber tudo o que estava acontecendo", disse sobre o tema abordado na produção nacional.

+++LEIA MAIS: Petra Costa faz lista de acusações contra Bolsonaro em entrevista a canal norte-americano

E continuou: "Acredito que isso não é da alma brasileira. Somos um povo que consegue lidar com as diferenças. Tem um racismo institucional, é claro, mas esse ódio nao faz parte da nossa natureza, espero que a gente consiga se livrar disso." 

"A cura do brasil depende do voto de cada um. O voto de cada um é super importante", relembrou Petra.

Democracia Em Vertigem concorre na categoria de Melhor Documentário no Oscar 2020.


+++ A MALDIÇÃO DO CORINGA, COM JOAQUIN PHOENIX, HEATH LEDGER, JACK NICHOLSON E MAIS!