Pulse

Pink Floyd relançará discos do começo dos anos 1970 em vinil

Atom Heart Mother, Meddle e Obscured By Clouds são os próximos na campanha de relançamentos do grupo

Rolling Stone EUA Publicado em 18/08/2016, às 12h30 - Atualizado às 13h56

Pink Floyd

Em maio de 2011, Nick Mason e David Gilmour subiram ao palco junto a Roger Waters, no show da turnê The Wall Live. Ou seja, por maiores que sejam os atritos, eles ainda conseguem se suportar.

Ver Galeria
(3 imagens)

Pink Floyd vai relançar os discos Atom Heart Mother, Meddle e Obscured By Clouds em vinil no dia 26 de setembro.

Os LPs são o mais recente passo na campanha de relançamentos do grupo britânico, que teve início há poucos meses com as reedições dos quatro primeiros álbuns: The Piper at the Gates of Dawn (1967), A Saucerful of Secrets (1968), a trilha-sonora More (1969) e o disco duplo Ummagumma (1969).

LEIA TAMBÉM

[Galeria] Dez canções que capturam a essência de Syd Barrett

[Flashback] A Última Entrevista de Syd Barrett

[Lista] Roger Waters: 10 clássicos da carreira solo e do Pink Floyd

Atom Heart Mother, Meddle e Obscured By Clouds foram lançados, respectivamente, em 1970, 1971 e 1972, e capturam o Pink Floyd à beira do estrelato. Atom Heart Mother, o quinto disco da banda, notavelmente se tornou a primeira obra do Pink Floyd a chegar no primeiro lugar dos mais vendidos no Reino Unido.

Meddle – incursão mais experimental – também foi bem nas paradas, indicando a mudança de uma banda psicodélica para uma sonoridade mais progressiva. Obscured By Clouds foi originalmente gravado como trilha sonora para o filme francês La Vallee, e feito quando a banda havia começado a trabalhar no que viria a ser Dark Side of the Moon, de 1973.

Além dos relançamentos em vinil do começo dos anos 1970, o Pink Floyd vai levar de volta às lojas edições em vinil previamente feitas de The Wall e The Division Bell, a partir de 26 de agosto.

Em 11 de novembro, a banda também vai relançar uma imensa caixa com 27 discos, chamada The Early Years 1965 – 1972, que trará sobras de estúdio, demos, aparição em TV, sete horas de gravações de shows, 15 horas de vídeos (incluindo entrevistas, performances, filmes) e mais de 20 músicas inéditas.